12 anos de Bitcoin: white paper completa mais um aniversário

12 anos de Bitcoin: white paper completa mais um aniversário

Ativo de maior valorização da década. Responsável por terminar o sistema financeiro como conhecemos. Ouro digital.

Esses são alguns títulos que o Bitcoin recebeu ao longo dos seus 12 anos. A criação de Satoshi Nakamoto completa mais um aniversário neste sábado (31).

Do descrédito até uma hiper valorização, o que ocorreu de relevante com o BTC?

Recente e forte

Apesar de ser uma criação relativamente recente, principalmente em termos financeiros, o Bitcoin já tem feitos impressionantes.

O primeiro deles foi sua valorização. Antes mesmo de completar 10 anos, o BTC deixou seu preço de centavos de dólar e atingiu os US$ 20 mil em dezembro de 2017.

Recentemente, o criptoativo até mesmo rompeu sua máxima histórica na cotação em reais.

Mas não só em preço foram registrados feitos marcantes do Bitcoin. Relatos de pessoas que salvam suas economias em BTC ou de famílias que recebem remessas de outros países por meio do criptoativo não são incomuns.

Esse é o valor da criação de Satoshi Nakamoto. Ao publicar o projeto em 31 de outubro de 2008, Satoshi visualizava um futuro caminhando para estes moldes.

Em apenas 12 anos, o BTC se tornou o ativo de maior valorização da década. Tornou-se também candidato a ser o ouro digital, causando até mesmo discussões com grandes entusiastas do metal precioso.

O Bitcoin fez gigantes dos meios de pagamento, como o PayPal, repensarem seus modelos de negócios. Fez com que bancos centrais cogitassem a criação de versões digitais de moedas fiduciárias.

Ajudou a burlar a censura, servindo como forma de pagamento e doação de iniciativas que se tornaram incômodas para grandes poderes.

Mesmo assim, com todas as conquistas feitas pelo Bitcoin ao longo dos seus 12 anos, será que o caminho traçado é realmente aquele pretendido por Satoshi?

Instituições e centralização

Muito se fala sobre ETFs, sobre aplicações do BTC em moldes do sistema financeiro tradicional. Os maximalistas abominam tais ideias. Para eles, isso seria perpetuar o formato praticado hoje.

Entretanto, o que pensaria Satoshi? A forma como o Bitcoin tem ganhado o meio tradicional aos poucos é o suficiente, ou o criptoativo se tornou “vendido”?

É difícil imaginar as respostas para estas perguntas. Não é possível responder, com exatidão, qual a real visão do criador do Bitcoin para a criptomoeda.

Não se sabe se o white paper, ao pregar um novo sistema de transações eletrônicas, vai propositalmente “além” a fim de instigar o corte das amarras.

O que se sabe, após 12 anos, que o Bitcoin é mais do que fogo de palha. Vale mais do que uma moeda de papel em uma revista. É mais do que artifício utilizado por pirâmide financeira.

Feliz aniversário, Bitcoin!

Leia também: Traders apostam no Bitcoin a R$ 230 mil em 2021

Leia também: Problema da alta: taxas do Bitcoin atingem pico histórico

Leia também: Quem é Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin? Saiba tudo sobre ele

Aviso: o presente artigo é de opinião do autor e não reflete necessariamente a opinião do CriptoFácil.

Forex Crypto News: Cripto Facil