Unicef pode usar recursos de fundo de criptomoedas para levar Internet a escolas públicas

Conforme relatado pelo CriptoFácil, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês) lançou um fundo de criptomoeda para receber, manter e distribuir doações em Bitcoin e Ethereum. E agora, de acordo com a Coindesk, as primeiras doações ao fundo podem ser utilizadas para melhorar a conectividade à Internet em escolas públicas de todo o mundo.

De acordo com a matéria, as primeiras doações ao fundo partiram da Fundação Ethereum, que doou 1 BTC e 100 ETH, no valor de aproximadamente US$25.000. Christina Lomazzo, líder de blockchain na Unicef, e o chefe da Unicef Ventures Chris Fabian afirmaram os fundos inicialmente serão direcionados para fornecer e melhorar o acesso à Internet em escolas públicas de todo o mundo como parte de uma iniciativa em andamento chamada Project Connect.

“Pagar pela conectividade da escola, ver uma luz acender para uma escola [no mapa do Project Connect] e ser capaz de registrá-la em um livro contábil. Isso fornece um ciclo completo [de responsabilidade]”, disse Fabian, acrescentando: “Não sei muitas outras coisas que podem mostrar o poder de um sistema financeiro verdadeiramente distribuído dessa maneira,”

Os governos da Serra Leoa, Cazaquistão, Quirguistão e Quênia já demonstraram interesse no Project Connect e seu sistema baseado em blockchain para pagamentos de conectividade à Internet. Vale ressaltar que o CriptoFácil apontou o uso da tecnologia blockchain pela Unicef no Quirguistão, com o objetivo de melhorar a conectividade nas escolas locais.

Pagamentos digitais, segundo Fabian, são o caminho do futuro para a Unicef e sua organização mãe, as Nações Unidas.

“Passamos os últimos dois anos desenvolvendo essa capacidade [de criar um fundo de criptomoedas]”, disse Fabian. “Estamos compartilhando essa capacidade com outras organizações [da ONU] para que elas não tenham o mesmo trabalho jurídico e financeiro que fizemos.”

Salientando a necessidade de organizações de impacto social se adaptarem às tecnologias atuais, Fabian acrescentou:

“Precisamos construir os músculos que nos permitirão estar prontos para o futuro.”

Leia também: Unicef lança fundo de criptomoedas para apoiar a tecnologia

Forex Crypto News: Cripto Facil