Turquia planeja lançar regulação para o mercado de criptomoedas em 2020

O Conselho de Mercados de Capitais da Turquia (CMB), órgão regulador que supervisiona os mercados de valores mobiliários no país, está desenvolvendo uma diretriz para observar, auditar e regular o mercado de criptomoedas na nação, informou a Cointelegraph nesta semana.

As autoridades da Turquia têm preocupações com a proteção aos investidores de criptomoedas, o que supostamente motivou a regulação. A própria CMB será responsável pelo o desenvolvimento de uma estrutura reguladora para o mercado, devendo criar uma estrutura que acelere o crescimento e que proteja os investidores locais e estrangeiros.

Uma estrutura legal para acelerar o crescimento

Salientando o potencial da Turquia para criptomoedas e blockchain, o especialista financeiro Erkan Oz, explicou que a estrutura legal do CMB aceleraria o crescimento do ecossistema local. “Acho que o CMB também protegeria os direitos dos investidores, o que trará muito mais investidores para projetos de criptomoedas”, disse.

O gerente geral da exchange Huobi na Turquia, Alphan Gogus, enfatizou o fato de que a abordagem positiva dos reguladores turcos acelerará a adoção de criptomoedas no mercado.

“(Isso) levará a um crescimento na base de usuários ativos e no volume de negócios, portanto, o valor do mercado de criptomoedas turco. Uma estrutura regulatória eliminaria quaisquer possíveis efeitos negativos de más práticas em todo o setor e promoveria a cooperação com instituições financeiras”, explicou Gorgus.

Proteção para investidores locais e globais

Já o editor-chefe da Blockchain Turkey Platform Ahmet Usta observou que as criptomoedas, como qualquer outro mercado, precisam ser regulamentados para proteger os direitos e a segurança dos investidores. Mas destacou que o governo não pode cometer excessos na regulamentação.

“Por outro lado, regulamentação excessiva ou impostos pesados ​​prejudicariam os mercados e dificultariam os esforços de inovação. É por isso que precisamos de um equilíbrio entre proteção e incentivo quando se trata de regulamentações. A Turquia tem um mercado dinâmico que atrai investidores globais e essa estrutura deve ser preservada, evitando qualquer concorrência desleal com outras ferramentas de investimento.”

Cagla Gul Senkardes, CEO da MenaPay, também comentou sobre a ascensão do ecossistema na Turquia.

“A indústria de criptomoedas precisa de crescimento sustentável, para que qualquer notícia sobre a regulamentação de criptografia seja bem-vinda. Ter uma estrutura reguladora para criptografia que garanta a segurança e a sustentabilidade das contribuições locais e globais abriria o caminho para novos investimentos, emprego e inovação.”

De fato, o mercado de criptomoedas da Turquia é um dos mais inovadores do mundo. Conforme relatou o CriptoFácil em julho, o governo do país revelou, em seu 11º Plano de Desenvolvimento, o objetivo de lançar uma criptomoeda própria.

Leia também: Governo da Turquia revela planos de criar sua própria criptomoeda

Forex Crypto News: Cripto Facil