Suposta invasão de escritório da Binance em Xangai chega à TV chinesa

No dia 21 de novembro, o The Block noticiou que um escritório da Binance em Xangai havia sido invadido pela polícia chinesa, e que executivos como Changpeng Zhao, o CEO da companhia, tiveram que se realocar.

Contudo, o portal de notícias  citou que apenas “suas fontes” confirmaram as informações. O fato da notícia não conter provas, além de fazer parte do conteúdo pago do portal – juntamente com um título exagerado -, fez com que a comunidade de criptoativos recebesse de forma negativa a notícia. O The Block até mesmo chegou a liberar a leitura gratuita do artigo após a série de críticas, muitas delas feitas por meio do Twitter.

Logo após a publicação do artigo, e nos dias subsequentes, Zhao tornou-se bem ativo sobre o assunto no Twitter – algo atípico vindo do CEO da Binance nesses casos. Sendo sarcástico em alguns tuítes e mais direto em outros, Zhao afirmou no dia 22 de novembro:

“Digamos que você abre um site de notícias focado em criptomoedas, as pessoas assumiriam que você quer que a indústria cresça. Mas se você só espalha notícias falsas que machucam a indústria, você se fere também, não? Eu entendo porque os portais de notícias tradicionais fazem isso, mas eu não entendo porque alguns sites de notícia focados em criptomoedas o fazem.”

A Binance até mesmo se pronunciou à Cointelegraph, afirmando que processará o site The Block por conta da notícia. Parecia ser o fim de tudo, mas uma publicação no Twitter feita por Dovey Wan (parceira da agência de notícias Coindesk) gerou um novo episódio. A principal emissora de TV de Xangai falou sobre o caso, estampando com um selo vermelho com a palavra “falso” a notícia veiculada pelo The Block – embora não tenha mencionado o portal.

“A estação de TV local de Xangai cobriu o fechamento do escritório da Binance na cidade. Foram citadas a notícia original e a resposta da Binance. Foi esclarecido o que é o escritório da Binance em Xangai: uma equipe de atendimento ao cliente da Babi Finance (uma empresa que recebeu investimento da Binance).”

Celia Wan, autora do artigo veiculado pelo The Block, comentou:

“Não é legal traduzir de forma seletiva o trecho do vídeo para fazer parecer estar em favor da Binance. Anexe nossa tradução completa, de forma que os leitores possam interpretar.”

Após apresentar um sumário, Celia Wan traduz que a apresentadora do jornal afirmou que a Binance foi de fato investigada, como parte de um esforço do banco central chinês para controlar as atividades de negócios envolvendo criptoativos na cidade.

Até o momento, nenhuma prova concreta foi apresentada sobre uma suposta invasão do escritório da Binance em Xangai, embora tenha sido confirmada uma investigação por parte da autoridade financeira chinesa.

Leia também: Binance adquire exchange indiana e planeja adentrar no país

Forex Crypto News: Cripto Facil