SEC dos EUA aprova criação de fundo focado em Futuros em Bitcoin

O Grupo de Investimentos Digitais de Nova York (NYDIG, na sigla em inglês) obteve aprovação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) para oferecer ações de um novo fundo focado em Futuros de Bitcoin, informou a Coindesk na última sexta-feira, 06 de dezembro.

De acordo com um arquivo publicado em um banco de dados da SEC na segunda-feira, 26 de novembro, o NYDIG Bitcoin Strategy Fund, um fundo de portfólio no Stone Ridge Trust VI, investirá em contratos Futuros de Bitcoin liquidados em dinheiro negociados em bolsas de valores registradas na Comissão de Negociação de Futuros e Commodities dos EUA (CFTC, na sigla em inglês). O fundo não pretende investir em Bitcoin diretamente ou em qualquer outra criptomoeda e estará restrito a investidores institucionais.

“O Fundo procurará comprar vários Futuros de Bitcoin para que o valor total dos bitcoins subjacente aos futuros detidos pelo Fundo seja o mais próximo de 100% dos ativos líquidos do Fundo (a “Exposição Alvo”), como é razoavelmente praticável alcançar”, afirmou o documento.

Ele alertou que “não pode haver garantia de que o Fundo será capaz de alcançar ou manter a Exposição Objetiva”.

O NYDIG, que recebeu a controversa BitLicense e um contrato de confiança de finalidade limitada do Departamento de Serviços Financeiros de Nova York (NYDFS, na sigla em inglês) no ano passado, está buscando arrecadar US$25 milhões através do fundo.

Até o momento, a CME é a única bolsa a oferecer contratos Futuros de Bitcoin liquidados em dinheiro nos EUA – a Bakkt, por sua vez, pretende oferece Futuros de Bitcoin liquidados em dinheiro a partir da próxima semana, visto que seus contratos são liquidados fisicamente no criptoativo.

A SEC há muito tempo reluta em aprovar certos produtos de fundos que envolvem criptomoedas – o principal exemplo são os fundos negociados em bolsa (ETFs) constantemente rejeitados pela Comissão. No entanto, a aprovação do NYDIG Bitcoin Strategy Fund pode sinalizar uma ligeira mudança de postura.

Dalia Blass, diretora da Divisão de Gestão de Investimentos da SEC, supostamente citou o novo fundo em um discurso no início desta semana, chamando-o de “um excelente exemplo” de envolvimento da indústria com a agência em novos tipos de produtos.

“No ano passado, publiquei uma carta pública pedindo à indústria de fundos que iniciasse um diálogo sobre a proteção do investidor e questões substantivas apresentadas por esses investimentos”, disse ela.

Essas questões incluíam avaliação, custódia, liquidez, eficiência da arbitragem e manipulação potencial. A carta pedia que os fundos encontrassem maneiras de responder a essas perguntas.

“Como resultado desse compromisso, estamos no ponto em que um fundo de intervalo fechado registrado com uma estratégia de investimento em contratos futuros de Bitcoin está se preparando para fazer seu lançamento”, disse ela. “Para chegar a esse ponto, o fundo respondeu primeiro a cada um dos problemas identificados na carta da equipe.”

Embora Blass não tenha citado nominalmente o fundo da NYDIG, ela observou que investiria em Futuros de Bitcoin liquidados em dinheiro, o que pode indicar que o fundo não enfrenta problemas de custódia e valorizaria suas participações usando o preço de liquidação em uma bolsa de valores registrada na CFTC.

Ela divulgou outros aspectos do fundo como exemplos de como ele aborda suas preocupações anteriormente declaradas. Já a comissária da SEC Hester Peirce (conhecida como “Crypto Mom”) elogiou a decisão da SEC em seu Twitter, chamando-a de “um pequeno progresso”.

Por meio de um porta-voz, o NYDIG disse que não comentaria sobre a aprovação do fundo.

Leia também: Bitcoin supera o ouro pela primeira vez desde junho

Forex Crypto News: Cripto Facil