SEC adia novamente decisão sobre proposta de ETF da Wilshire Phoenix

Conforme o CriptoFácil relatou em agosto, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) adiou, de uma só vez, três propostas de ETFs de Bitcoin: Bitwise Asset Management, VanEck/SolidX e Wilshire Phoenix.

Nesta terça-feira, 24 de setembro, a SEC adiou novamente uma dessas propostas, a da Wilshire. De acordo com um documento publicado na mesma terça-feira, a SEC começou a avaliar a mudança de regra proposta para permitir à NYSE Arca listar e negociar o ETF da Wilshire Phoenix. As empresas entraram com a proposta de ETF em maio.

O ETF daria aos investidores exposição a Bitcoin e a títulos do Tesouro dos Estados Unidos. A SEC listou uma série de perguntas para o público em geral, incluindo o que as pessoas pensam da sugestão de que a taxa de referência do Bitcoin da CME não seja suscetível à manipulação.

A SEC começou a requisitar comentários sobre a proposta da Wilshire em junho e os registros mostram que apenas seis indivíduos enviaram comentários, tanto em apoio quanto contra a permissão de um ETF de Bitcoin.

Um comentário expressou o tom dos entusiastas a respeito do processo, pois um remetente anônimo escrevendo: “POR DEUS PELA APROVAÇÃO, basta aprovar este ETF de Bitcoin – ISSO ESTÁ INDO PARA SEMPRE…”

De acordo com outro documento público, executivos da Wilshire Phoenix, funcionários da NYSE Arca e membros do escritório de advocacia Seward & Kissel se reuniram com funcionários da SEC no início de setembro para discutir sobre a proposta.

Com o novo adiamento, a SEC tem um prazo legal de 35 dias contados a partir desta terça-feira para tomar uma decisão. Das três propostas que foram adiadas em agosto, a da VanEck/SolidX foi retirada pelas empresas na semana passada. Já a Bitwise fez uma apresentação para a SEC como uma forma de tentar agilizar a aprovação de seu ETF.

Leia também: Bitwise faz novo esforço para tentar aprovar seu ETF de Bitcoin junto à SEC

Forex Crypto News: Cripto Facil