Preço do Bitcoin cai abaixo dos US$8 mil neste fim de semana

O mercado de criptoativos deslizou mais um pouco durante o último fim de semana e nesta segunda-feira, 07 de outubro, registra uma perda de US$2 bilhões desde a última sexta-feira. A cotação do Bitcoin também reduziu e caiu abaixo do nível de suporte em US$8 mil, mas se recuperou levemente.

No momento da escrita, o preço do Bitcoin era US$8.033, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap. Durante as últimas 72 horas, o nível mais alto atingido pelo principal criptoativo do mercado foi de quase US$8.200 na sexta-feira e o mais baixo foi de US$7.907 ainda nesta manhã. Até o fechamento deste artigo, o BTC registrava uma valorização mínima, de um centésimo percentual, mas que ainda é melhor que a desvalorização.

O XRP da Ripple se destaca entre os criptoativos do top 10 ao valorizar mais de 6% no dia. O Bitcoin Cash vem na sequência ao adicionar 2,4% e a Stellar ao adicionar 2,2%. Os únicos perdedores deste grupo são a Tether, que corrige 0,5% para se igualar ao valor de US$1, e a Litecoin que despeja 0,6% no dia.

As coisas estão um pouco mais agitadas entre os criptoativos do top 20. A maior valorização é registrada pela Chainlink, com uma adição de mais de 11% no dia. Depois dela, a Tron chega com uma valorização de 4% nas últimas 24 horas. Entre os perdedores, a Dash é a maior prejudicada ao despejar 1,5%, seguida da UNUS SED LEO com menos 1,2%.

Desde a última sexta-feira, nas últimas 72 horas, o mercado de criptoativos perdeu cerca de US$2 bilhões, passando a ser cotado a US$216 bilhões. Provavelmente, este movimento de baixa tem influência do BTC, mesmo com a sua dominância caindo para pouco menos de 67% nas últimas 24 horas.

Leia também: Cotação do Bitcoin reduz em 1% nas últimas 24 horas

Forex Crypto News: Cripto Facil