Por que realizar empréstimos para investir em Bitcoin virou tendência?

Embora o ano de 2018 tenha sido difícil para o mercado de Bitcoin – período em que a moeda atingiu alto índice de desvalorização – esse investimento voltou ao interesse dos investidores em 2019. O valor de mercado desses ativos mais que dobrou desde o mês de janeiro, segundo o Coinmarketcap. Para não perder o bom momento do negócio, os entusiastas desse mercado têm recorrido a uma estratégia que está em alta: o empréstimo para investir em bitcoins.

Um estudo feito pela Lendedu – plataforma virtual que oferece serviços financeiros -, contou com 672 investidores ativos e revelou que essa tendência pode ser uma alternativa interessante, desde que se leve em conta um planejamento estruturado. A pesquisa destacou que 18% dos investidores tomaram empréstimo para investir, ainda que o mercado de criptomoedas tenha passado por momentos de instabilidade.

Além de poder ser utilizada para investimentos, as criptomoedas também têm sido aceitas em alguns estabelecimentos como forma de pagamento. Rapidez nas transações, economia de custos e sistema operacional otimizado estão entre as principais vantagens dessa ferramenta.

Quando o empréstimo para investir vale a pena?

Assim como qualquer outro investimento, a aplicação em bitcoins exige planejamento financeiro bem detalhado, principalmente se você pensa em tomar um empréstimo para começar a investir.

A dica fundamental é saber identificar quando o mercado de criptomoedas está em alta, sobretudo acompanhando noticiários especializados no tema. A partir daí, comece a criar uma estratégia segura para aplicar. Comprar em baixa para vender em alta deve ser sua busca principal para obter lucros nesse segmento.

É importante que você consulte as taxas de juros das modalidades de empréstimos disponíveis e projete qual será mais vantajosa para o seu planejamento. Ter isso em mente é importante porque caso sua linha de crédito tenha porcentagem de juros alta, você poderá perder dinheiro se o mercado de criptomoedas apresentar novo momento de instabilidade.

Modalidades de empréstimo com juros saudáveis

O empréstimo precisa ser aliado importante no seu planejamento para investir e isso exige que você tenha um conhecimento prévio de quais são as modalidades mais interessantes no mercado. Confira algumas opções:

  • Empréstimo consignado

Essa modalidade de crédito pode ser contratada por trabalhadores assalariados de empresas privadas, aposentados e pensionistas do INSS. Os pagamentos ocorrem de forma indireta, isso é, são descontados no salário ou benefício de quem contratou o empréstimo. Uma das regras desse formato é que a pessoa física não poderá comprometer mais que 35% da sua renda mensal para arcar com o pagamento dessas dívidas.

  • Empréstimo com garantia

Essa linha de empréstimo é chamada dessa maneira porque o consumidor deixa um bem pessoal como garantia de pagamento do empréstimo. As modalidades mais conhecidas do mercado são de veículos e imóveis. Tecnicamente, esse processo é chamado de alienação fiduciária e permite que as empresas ofereçam baixas taxas de juros devido ao fato do usuário atrelar um bem ao nome da instituição durante o pagamento da dívida – o que diminui a possibilidade de inadimplência.

  • Empréstimo pessoal

Um dos formatos mais popularizados no mercado financeiro, essa linha de crédito possui muitas de juros no mercado. Uma dica importante antes de contratar essa linha de crédito é saber o histórico da instituição financeira onde pretende tomar o empréstimo. Esse produto é oferecido por bancos, financeiras e fintechs.

Dicas importantes para começar a investir

O ponto de partida para começar a investir é se conhecer, isto é, saber qual é o seu perfil de investidor. O mercado define três perfis de investidores tradicionais: conservador, moderado ou agressivo.

As categorias são definidas de acordo com a tolerância do investidor a riscos. No segmento de bitcoins, dois perfis de investidores são mais constantes. Um grupo é composto por aqueles que possuem profundo conhecimento de mercado e o outro é pelos traders, aqueles mais céticos em relação aos investimentos.

O primeiro perfil está ciente que os riscos com essa tecnologia são possíveis, mas sabe que poderá obter lucros se realizar um planejamento no longo prazo. Já o segundo grupo é composto por investidores do mercado tradicional e buscam lucros no curto prazo. Eles preferem pequenas margens de lucro por operação do que esperar a movimentação do mercado no médio prazo.

  • Pesquise sobre o mercado

Assim como em qualquer outro investimento que você pretende fazer aplicações, dedique seu tempo a entender a dinâmica do mercado de criptomoedas e como ele está se consolidando no Brasil. Esse conhecimento prévio pode te auxiliar a evitar futuras perdas financeiras, uma vez que o investimento envolve riscos de oscilação do mercado.

  • Não aplique mais do que você poderá perder

O mercado de criptomoedas é inconstante e ainda não há como prever estimativas de lucro. Uma vez que você está ciente que os prejuízos altos são possíveis, uma dica importante é que você comece a investir com um volume menor, não comprometendo seu patrimônio em um primeiro momento. Por isso, estabeleça uma porcentagem inicial baixa do seu orçamento para essa aplicação e aumente o fluxo de acordo com sua adaptação a esse formato.

Leia também: Banco norte-americano Wells Fargo quer lançar stablecoin em 2020

Forex Crypto News: Cripto Facil