OKEx revê a exclusão de criptomoedas com foco em privacidade Zcash e Dash

A unidade sul-coreana da exchange de criptomoedas OKEx interrompeu, pelo menos por enquanto, a exclusão de duas criptomoedas com foco em privacidade devido à pressão regulatória do Grupo de Ação Financeira Internacional (GAFI).

De acordo com um comunicado da exchange nesta quinta-feira, 10 de outubro, a suspensão planejada do suporte à Zcash (ZEC) e à Dash (DASH) está sendo revista.

Conforme reportado pelo CriptoFácil, em meados de setembro, a OKEx anunciou suas intenções de deslistar cinco criptomoedas com foco em privacidade – incluindo Monero (XMR), Horizen (ZEN) e Super Bitcoin (SBTC) -, citando a controversa “regra de viagem” (travel rule, no termo em inglês) do GAFI para provedores de serviços relacionados a criptoativos, que define como reguladores nacionais deve supervisionar a indústria.

Sob a regra de viagem, as exchanges de criptoativos devem poder coletar e disseminar informações relevantes para o monitoramento de transações, como o nome e o endereço do remetente e do destinatário dos ativos.

Monero, Horizen e Super Bitcoin ainda estão sendo retirados da exchange a partir desta quinta-feira, disse a OKEx. Uma decisão final sobre o suporte à Zcash e à Dash será anunciada após a análise de conformidade.

Conversando com a Coindesk, Josh Swihart, vice-presidente de marketing e desenvolvimento de negócios da Electric Coin Company – empresa codesenvolvedora da Zcash – disse que sua empresa tem trabalhado com a OKEx desde o anúncio de setembro.

Ele comentou:

“A Zcash é totalmente compatível com todas as recomendações do GAFI, incluindo a regra de viagem. Trabalhamos com a OKEx e outras pessoas na Coreia do Sul e ficamos felizes em saber que a OKEx decidiu tomar mais tempo para avaliar ainda mais o suporte à Zcash com base nas novas informações de conformidade disponíveis.”

Desde o anúncio do GAFI, tem ocorrido uma pressão crescente para que as exchanges deixem de apoiar criptomoedas focadas em privacidade.

Notavelmente, a Coinbase retirou a Zcash de sua plataforma no Reino Unido no início de agosto. Aparentemente, a mudança estava relacionada à formação de um novo relacionamento bancário com o ClearBank depois que o Barclays retirou seus serviços da empresa.

A exchange sul-coreana Bithumb também deslistou a Zcash recentemente.

A Electric Coin Company tem pressionado ativamente os reguladores e legisladores sobre sua criptomoeda, de acordo com Swihart.

Um resumo aberto sobre regulamentação e conformidade publicado em setembro declarou:

“A Zcash foi projetada para proteger a privacidade financeira dos consumidores, mantendo a compatibilidade com os padrões globais de ABC / CFT, incluindo as Recomendações do GAFI adotadas em junho de 2019. É importante ressaltar que a privacidade fornecida pela Zcash não impede que as entidades reguladoras cumpram suas obrigações regulatórias.”

Leia também: OKEx exclui Dash, Monero, Zcash e outras moedas focadas em privacidade

Forex Crypto News: Cripto Facil