O Bitcoin é uma proteção contra um possível colapso financeiro, diz ex-executiva de Wall Street

Caitlin Long, ex-executiva do banco Morgan Stanley e atual líder da força-tarefa que estuda a tecnologia blockchain no estado de Wyoming, afirmou que o Bitcoin é uma proteção contra possíveis crises financeiras.

“Para mim, é um seguro contra a instabilidade no setor financeiro convencional. Eu sempre penso em ‘qual é a probabilidade de que o setor financeiro convencional se estrague?’ É assim que penso sobre a alocação de ativos para o Bitcoin em meu próprio portfólio”, afirmou Long.

Ela destacou que o risco do sistema financeiro tradicional é muito maior do que o risco da grande volatilidade que o BTC apresenta perante os ativos do mercado tradicional.

“Especificamente, o que quero dizer com isso é que é o risco do sistema de liquidação. Não estou falando de risco de preço. Obviamente, o Bitcoin é mais volátil do que a maioria dos ativos financeiros tradicionais, mas o Bitcoin é menos volátil de uma perspectiva sistêmica do que eu acho que o setor financeiro tradicional é.”

Long deu suas opiniões durante a gravação de um dos episódios inaugurais do Bitcoin Macro, um podcast organizado pelo portal de notícias Coindesk e que conta com os palestrantes e os temas da próxima conferência Invest: NYC, que ocorrerá no dia 12 de novembro. O evento também é organizado pela agência de notícias.

Depois de 20 anos em finanças corporativas, Long começou a se envolver em eventos sobre Bitcoin e blockchain em todos os lugares, até começar a fornecer uma ponte vital entre o mercado financeiro tradicional e as criptomoedas. Em particular, sua liderança da força-tarefa de blockchain em Wyoming abriu caminho para regulamentações pró-criptomoedas e pró-inovação que passaram a servir como exemplo positivo em todos os Estados Unidos.

Leia também: Adam Back diz que existe mais incentivo para construir novas altcoins do que melhorar o Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil