Líder da Midas Trend afirma que investidores receberão em até 60 dias

Líder da Midas Trend afirma que investidores receberão em até 60 dias

Segundo uma transmissão ao vivo feita no canal Vauberti News no dia 03 de fevereiro, o líder da Midas Trend Vauberti Freitas afirmou que investidores que não desejam continuar com a empresa receberão seus valores em até 60 dias.

Freitas, que afirma fazer vídeos sobre Bitcoin desde 2005 (antes mesmo do whitepaper da criptomoeda) afirmou que o CEO da empresa, Deivanir Santos, só tornará a aparecer e fazer transmissões quando for anunciar a plataforma internacional da Midas Trend – cuja sede supostamente será no Canadá.

Canadá é bem legal

Freitas afirma para os espectadores de sua transmissão que todos os rendimentos do robô de arbitragem estão ocorrendo normalmente enquanto a plataforma está fora do ar.

Ele afirma que a escolha do Canadá é acertada para a suposta nova sede da Midas Trend, uma vez que o país tem um banco próprio de Bitcoin, chegando a mencionar o Banco de Toronto. Contudo, conforme informações atualizadas em janeiro de 2020 presentes no site The Money Mongers, o Banco de Toronto proibiu expressamente transações com criptoativos.

O líder da Midas Trend então fala sobre o ponto que os investidores que não desejam continuar na plataforma querem saber, que é o retorno dos valores investidos. Freitas afirma que todos os valores serão pagos quando a plataforma internacional for aberta, e ele é bem específico em sua previsão:

“Acredito que há 82% de chance da plataforma ser aberta em menos de 60 dias, e isso eu tô colocando por baixo, a chance pode ser até maior.”

Desta forma, investidores interessados em recuperar seus valores devem ficar atentos ao lançamento da Midas Internacional. Além disso, Freitas tenta confortar seus espectadores, ao informar que possui diversos vídeos educacionais sobre Bitcoin em seu canal – algo que ele vem gravando desde 2005, antes até mesmo da primeira transação de Bitcoin ser realizada, quatro anos depois.

Freitas completa dizendo que os pagamentos serão feitos em Bitcoin para quem deseja continuar investindo com a Midas Trend, mas não revela se esta também será a forma de pagamento utilizada para liberar os valores retidos dos clientes que não desejam mais investir com auxílio da empresa.

Entenda a história

A Midas Trend parou de pagar os rendimentos prometidos aos seus investidores em dezembro de 2019. Dentre as justificativas estão um suposto boicote dos bancos à empresa, uma limitação do Banco Central do Brasil ao banco criado pela Midas e uma campanha negativa feita por investidores da plataforma.

Os pagamentos inicialmente seriam feitos ao fim de dezembro, posteriormente sendo adiados para a primeira semana de janeiro. Contudo, nenhum dos prazos foi respeitado. Na segunda semana de janeiro, foi anunciado o fim das atividades no Brasil da Midas Trend, tendo Deivanir Santos culpado os clientes da empresa pela crise.

Foi então anunciada uma paralisação temporária dos serviços e revelado o plano de expansão internacional. Recentemente, a suposta sede no Canadá foi revelada para a plataforma internacional, sendo o possível paradeiro atual de Santos.

Os investidores que não desejam seguir investindo, até o vídeo publicado por Vauberti Freitas, estavam sem previsão de pagamento. Resta saber se, assim como os primeiros prazos, este também não se cumprirá.

Leia também: Líder da Midas Trend fala sobre plano de expansão internacional

Forex Crypto News: Cripto Facil