Ladrões invadem empresa e roubam 85 caixas eletrônicos de Bitcoin

O “maior assalto a banco da história”, segundo o Guinness World Records, ocorreu na sede do Banco Central do Brasil em Fortaleza quando uma quadrilha alugou instalações em um prédio próximo e cavou um túnel para chegar aos cofres do banco. Uma vez lá, os assaltantes levaram cinco contêineres cheios de maços de dinheiro. Agora, recentemente, um assalto também de grande proporção aconteceu na Malásia, quando uma gangue de cinco pessoas roubou 85 caixas eletrônicos de Bitcoin, segundo mostra o portal de notícias Sun Daily. As máquinas estavam armazenadas em um depósito em Seremban, capital do estado malaio de Negeri Sembilan.

A quadrilha, composta por quatro homens e uma mulher, alugou instalações localizadas ao lado do armazém. Durante uma única madrugada, a quadrilha perfurou a parede que separava as duas instalações e removeu os caixas eletrônicos de Bitcoin. Além de equipamentos de perfuração especializados, a polícia também apreendeu veículos usados ​​pela quadrilha no roubo. O chefe de polícia de Seremban Mohd Said Ibrahim revelou que a quadrilha pode ter roubado as máquinas para uso pessoal, possivelmente para aplicar golpes ou para lavar dinheiro.

A polícia já prendeu cinco suspeitos de terem participado do ato, que possuem entre 25 e 46 anos. “Alguns dos suspeitos estavam trabalhando como comerciantes e trabalhadores da construção, enquanto outros estavam desempregados”, disse Ibrahim, acrescentando que os suspeitos, que inclusive eram amigos, não tinham antecedentes criminais e estavam sendo investigados sob a Seção 457 do Código Penal.

Leia também: Vítima de celular clonado processa Bittrex por suposto roubo de US$1 milhão em Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil