Instituto de segurança da Espanha diz que pagar com Bitcoin é mais seguro do que com cartão

Segundo um infográfico preparado pelo Instituto Nacional de Segurança Cibernética da Espanha (Incibe), pagamentos feitos com Bitcoin são mais seguros do que pagamentos feitos com cartão de crédito, cartão de débito ou transferência bancária. O infográfico publicado no site do Incibe mostra os sistemas de pagamento que considera mais seguros.

O Incibe também apresenta o uso de cartões pré-pagos ou carteiras eletrônicas como o terceiro sistema mais seguro, levando em consideração que eles permitem transações sem associação à conta bancária do usuário. O documento gráfico do Incibe mostra que o pagamento por cartão de débito, crédito ou transferência bancária é menos seguro que as transações com Bitcoin por que ao usá-los, os usuários expõem seus dados.

cartão de crédito bitcoin
Porém, na Espanha, nem todos concordam com a posição do Incibe, como mostra um relatório publicado em fevereiro pelo Banco da Espanha (BDE), que afirma que o Bitcoin é ineficiente como um sistema de pagamento em larga escala. Segundo o documento, os atributos mais valorizados pelos defensores dessa tecnologia, como a ausência de intermediários e a descentralização, seriam uma limitação para a troca maciça de valor.

De acordo com o estudo chamado “Bitcoin: uma solução para sistemas de pagamento ou uma solução em busca de um problema?”, a descentralização implica em um “processo de validação intensiva no consumo de recursos, o que reduz a eficiência do sistema”. Em contraste, o documento observa que “sistemas centralizados com um intermediário confiável pelas partes permitem o design de sistemas muito mais simples e baratos”.

Leia também: Departamento de Defesa dos EUA mira a blockchain para aumentar a cibersegurança

Forex Crypto News: Cripto Facil