HTC lança celular com blockchain que pode rodar um full node de Bitcoin

A fabricante de eletrônicos do Taiwan HTC lançou seu mais recente celular equipado com a tecnologia blockchain, o Exodus 1s, que permite que os usuários suportem a rede do Bitcoin. O celular estava previsto para ser lançado até o final do ano, conforme relatou o CriptoFácil.

De acordo com a Coindesk, o dispositivo foi apresentado neste final de semana durante a Lightning Conference, realizada em Berlim, na Alemanha. A empresa afirmou que o novo produto é o primeiro smartphone capaz de executar um nó completo (full node) de Bitcoin, o que permite ao usuário a propagação de transações e da blockchain do Bitcoin em qualquer lugar.

“Nós completos são o ingrediente mais importante na resiliência da rede do Bitcoin e reduzimos a barreira de entrada para qualquer pessoa poder administrar um nó”, disse Phil Chen, diretor de descentralização da HTC.

Preço acessível

O caráter de redução na barreira de entrada é refletido no preço do aparelho. O novo smartphone chega ao mercado a €219 (cerca de US$244), o que representa cerca de um terço do custo de seu antecessor, o Exodus 1. A HTC venderá a nova versão na conferência de Berlim usando a rede de pagamentos Lightning Network (LN).

O dispositivo permite que os usuários instalem um cartão de memória a partir de 400 GB para expandir sua capacidade, permitindo lidar com o aumento da capacidade de dados necessária para armazenar a blockchain completa. O tamanho atual do livro completo está chegando aos 250 GB.

A empresa recomendou que os usuários tenham acesso à uma rede Wi-Fi e conectem-se à uma fonte de energia durante a execução do full node, embora ele também possa ser usado em movimento.

O smartphone também possui uma carteira de hardware integrada para ajudar os usuários a armazenarem com segurança suas criptomoedas. A versão padrão do aparelho vem com 4GB de RAM e 63GB de armazenamento e o sistema operacional é o Android Oreo 8.1

“Estamos fornecendo as ferramentas para o acesso ao financiamento básico universal; as ferramentas para ter um banco suíço no bolso”, disse Chen.

Disponibilidade

O smartphone estará disponível em 27 países da Europa e do Oriente Médio, incluindo Alemanha, Grécia, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. No momento, ele não está previsto para ser vendido nos Estados Unidos.

O dispositivo da HTC está ingressando em um campo nascente, mas cada vez mais desenvolvido, de smartphones dedicados à tecnologia blockchain. A Sirin Labs, startup de blockchain, recentemente uniu-se à gigante Foxconn para lançar o celular Finney, enquanto a Samsung lançou seu Galaxy S10. Há rumores de que outros fabricantes de smartphones, como a LG, estão migrando para o ecossistema da blockchain com os seus próximos dispositivos.

Leia também: Samsung lança novo smartphone amigável a blockchain e criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil