Homenagem a médico que descobriu Coronavírus é gravada na blockchain do Ethereum

Homenagem a médico que descobriu Coronavírus é gravada na blockchain do Ethereum

Um contrato inteligente foi criado na blockchain do Ethereum em memória do Dr. Li Wenliang, o primeiro médico que alertou sobre o surto de coronavírus na China, no final de dezembro. Li faleceu vítima da doença na quinta-feira, 06 de fevereiro.

Os códigos-fonte do contrato intitulado “Monument” foram criados por volta das 14:30 (horário chinês) nesta sexta-feira, 07 de fevereiro. Os códigos formam a imagem de uma lápide na qual estão a biografia do Dr. Li em chinês com um “RIP” (sigla para ‘descanse em paz’) destacado, junto com sua contribuição como especialista médico para alertar outras pessoas sobre o perigo do Coronavírus em 30 de dezembro – apenas para ser repreendido pela polícia local pouco depois de seu alerta.

A criação do contrato inteligente, que agora se torna imutável e não pode ser censurado nem mesmo pelo poderoso governo de Pequim, chega em um momento em que os internautas chineses estão mostrando tristeza e frustração generalizados no aplicativo de mensagens WeChat e nas redes sociais Weibo.

As notícias da morte do Dr. Li foram divulgadas na noite de quinta-feira, 06 de fevereiro, horário da China, imediatamente alcançaram o topo da lista de tópicos em tempo real da rede social Weibo, o equivalente chinês ao Twitter.

Em questão de minutos, ela caiu para a 7ª posição e agora não está mais na lista, apesar da hashtag #Dr. Li Wenliang faleceu já ter um bilhão de visualizações até agora, com mais de um milhão de discussões nas mídias sociais.

Enquanto isso, outra hashtag – #Wuhan deve desculpas ao Dr. Li, em chinês – foi de fato restringida. A busca por essa hashtag no Weibo não gera mais resultados, embora estivesse acessível na quinta-feira à noite, imediatamente após a morte de Li.

Li era médico de um hospital em Wuhan, o epicentro do surto de Coronavírus. Ele foi uma das oito pessoas que enviou alertas precoces no WeChat a colegas médicos sobre a gravidade da doença antes que a autoridade local informasse o público a gravidade do surto.

Ele foi imediatamente silenciado e repreendido pela polícia local por enviar “informações falsas”. Mas Li contraiu o vírus enquanto tratava um paciente no Hospital Central de Wuhan e morreu da doença depois que os esforços para tratá-lo falharam.

Veja algumas fotos das linhas de código da homenagem mostrando a sigla RIP e parte da homenagem a Li (em chinês).

Leia também: O surto do coronavírus pode impactar o preço dos criptoativos?

Forex Crypto News: Cripto Facil