Hackers atacam sistema de TV a cabo de Santos e pedem pagamento em Bitcoin

Segundo informações do portal G1, hackers ameaçaram uma empresa provedora de Internet e TV a cabo em Santos e exigiram pagamentos em Bitcoin para não executar um ataque DDoS, conhecido como ataque de negação de serviço e que consiste basicamente em milhares de solicitações de acesso simultâneas e que acabam “derrubando” o serviço devido ao seu constante e alto volume.

Os ataques começaram na terça-feira, 10 de dezembro, por volta das 13h40, e o primeiro ataque teria durado cerca de 12 horas. Já um segundo ataque, ocorrido na quarta-feira, às 15h57, durou poucos minutos, segundo os relatos. No celular do suporte da empresa, o hacker enviou uma mensagem pedindo para falar com alguém do suporte técnico ou um responsável. Após o pedido, ele informa que o provedor da loja está sofrendo uma série de ataques de negação de serviço, que pode acarretar na perda de clientes, faturamento e reputação da empresa. O hacker ainda alegou que a recuperação poderia levar meses e que não existia uma solução para barrar os ataques.

“Os ataques só serão encerrados com o pagamento da quantia de 0.15 BTC (criptomoedas), o equivalente a 1 mil dólares americanos”, afirma o hacker, que exigiu que o dinheiro seja depositado na carteira de criptomoedas e para cada dia de atraso, informou que será adicionado 0,02 BTC ao valor total do resgate.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Registro e na Polícia Federal de Santos. Além disso, a Policia Civil disse que investigará o autor das ameaças.

Leia também: Brasil lança academia inédita para formação de hackers

Forex Crypto News: Cripto Facil