Ex-CEO da Nasdaq revela sua indignação com a demora dos reguladores norte-americanos

O ex-CEO da Nasdaq Robert Greifeld revelou sua frustração com o ritmo lento dos reguladores de Washington DC para regulamentar inovações durante seu mandato, uma vez que Wall Street estava procurando avançar mais rapidamente nesse setor.

Em sua participação no podcast The Scoop, divulgado pelo The Block, Greifeld disse que estava impressionado com o ritmo em que os reguladores operavam quando assumiu o comando da Nasdaq em 2006. Ele até ironizou a velocidade de operação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) afirmando que ela era mais lenta do que a “velocidade da erosão” – processo natural que pode levar milhares de anos para ocorrer.

“Em um ponto, eu disse que poderíamos qualificar a SEC como operando na velocidade da erosão, mas isso seria um insulto à erosão. Por isso, você é forçado a operar com um ritmo totalmente diferente”, disse Greifeld.

Greifeld trabalhou na Nasdaq durante um período em que a velocidade de negociação foi drasticamente aumentada pelo surgimento do comércio eletrônico e da Internet. Ele descreveu o ex-presidente da SEC William Donaldson como “vivendo no passado” quando prometeu manter a grandeza tradicional da Bolsa de Valores de Nova York.

Embora não tenha se referido especificamente à regulamentação de criptomoedas, a fala de Greifeld se aplica ao momento atual do mercado. A frustração das grandes empresas de ​​de Wall Street em lidar com a SEC também é sentida por muitas empresas de criptomoedas. No início deste ano, a SEC adiou repetidamente as decisões sobre os pedidos de ETF de Bitcoin arquivados pelos gerentes de ativos VanEck e Bitwise – o primeiro foi cancelado pela própria VanEck, enquanto o da Bitwise foi rejeitado pela SEC.

A ambiguidade regulatória em torno das criptomoedas também levou exchanges como Coinbase e Kraken a formar um conselho de classificação que determina quais ativos digitais têm maior probabilidade de serem classificados como valores mobiliários. Além disso, há uma fila de cerca de 35 a 40 empresas de criptomoedas aguardando licenças para operar como corretoras nos EUA, de acordo com um relatório do Wall Street Journal.

Leia também: Nasdaq lista índice composto pelos 100 principais criptoativos do mercado que utiliza IA

Forex Crypto News: Cripto Facil