EUA poderá somar US$74 bilhões ao mercado de criptoativos nos próximos 12 meses

De acordo com um novo relatório divulgado pela Nobl Insurance, no qual eles estudam detentores de criptomoedas nos Estados Unidos, a tendência é que sejam adicionados US$74 bilhões ao mercado de criptoativos do país norte-americano. Segundo sugere a pesquisa conduzida em agosto de 2019, 16 milhões de norte-americanos, perto de 5% da população, possuem criptomoedas. Ao mesmo tempo, 11,7 milhões estão pensando em comprar criptomoedas no próximo ano. Isso significa que os EUA podem atingir 27,7 milhões de usuários de criptomoedas.

O relatório considera que a participação média de um usuário de criptomoedas nos Estados Unidos é de US$6.000, tornando o mercado dos EUA uma indústria de US$100 bilhões. No entanto, a pesquisa aponta um crescimento provável de US$74 bilhões nos próximos 12 meses.

Conforme aponta o relatório, apenas 10% dos detentores de criptomoedas mantêm suas moedas virtuais em cold wallets (carteiras offline), outros usuários as mantêm em carteiras online ou em custódia de exchanges, o que significa que há um mercado de US$90 bilhões nos Estados Unidos. Durante o próximo ano, isso poderá crescer US$67 bilhões.

Vale ressaltar que 75% das pessoas nos Estados Unidos já sofreram algum hack em suas contas online. 

O especialista em segurança cibernética Dr. Terry Lee Cooper prevê que até o final de 2020, US$12,78 bilhões podem ser roubados. Até o final de 2022, isso poderia chegar a US$114,9 bilhões, quantidade acima do que os atuais detentores nos EUA possuem em ativos digitais.

Para lidar com esses hackers, Cooper considera que poderíamos aplicar tecnologia chamada de MTD (Moving Target Defense). Este sistema pode ser aplicado a endereços IP, protocolos e plataformas em execução. Sobre isso, ele explicou:

“O MTD altera a superfície de ataque de um sistema protegido por meio de mudanças dinâmicas, para que pareça caótico e através de mudanças aleatórias. Isso significa que o esforço de trabalho para o ataque ser bem-sucedido, portanto, aumentará o esforço de eficácia e a probabilidade de um ataque bem-sucedido diminuirá.”

À medida em que o mercado de criptomoedas continua crescendo nos Estados Unidos e em outros países, as soluções de segurança também devem ser aprimoradas para oferecer amplo recursos aos usuários de ativos digitais.

Leia também: Estados Unidos aplicam sanções contra supostos grupos hackers da Coreia do Norte

Forex Crypto News: Cripto Facil