Especialistas dão dicas sobre como evitar cair em golpes de pirâmides financeiras

A volatilidade do Bitcoin abre um leque de oportunidades para traders, analistas gráficos e operadores que entendem a dinâmica dos preços, contudo, também abre uma gama de possibilidades para golpistas que vêem na variação do preço um campo fértil para promover fraudes e enganar pessoas com promessas de lucro fácil. Para estar prevenido contra fraudes, especialistas brasileiros dão algumas dicas.

Para o advogado Rodrigo Caldas de Carvalho Borges, professor do Insper e especialista em direito digital, a dica para quem não quer perder dinheiro acreditando em promessas mirabolantes é bem simples: se tem luxo, tem lixo. “Cuidado com quem ostenta vida de luxo e com empresas que prometem bônus a quem trouxer novos investidores”. Para ele, este é o primeiro indício de um possível golpe.

Já para o diretor-executivo da ABCripto Safiri Félix, a recomendação é de que nunca se deve acreditar em promessas de lucro fácil, como 3% ao dia, 400% e tantas outras porcentagens. Deve-se também investigar o histórico da empresa (principalmente se tem autorização na CVM para ofertar investimentos) e, quando alguém pedir para fazer um depósito na conta de um terceiro, redobrar a atenção.

“Investigue o histórico do intermediador, jamais realizar depósitos em nome de terceiros e atentar para sinais de pirâmide financeira, como promessas de lucros”, declarou.

Leia também: Pentacampeão brasileiro promove empresa suspeita de pirâmide financeira

Forex Crypto News: Cripto Facil