EMX anuncia negociação de índice da B3 com Bitcoin

A EMX, plataforma de negociação de derivativos que recentemente expandiu suas atividades para Brasil e Portugal, anunciou a criação de um contrato de negociação do índice (IBOV) da bolsa de valores brasileira (B3) com Bitcoin, no par BTC/BRL.

De acordo com Rafael Noguerol, community manager da EMX, o contrato lançado nesta segunda-feira, 04 de novembro, é o primeiro do tipo a permitir a negociação do índice brasileiro com a criptomoeda.

“O novo contrato se chamará BRAZIL60-PERP, pois não podemos utilizar o nome Ibovespa® por ser uma marca registrada da B3. Mas o contrato acompanha o índice brasileiro e pode ser negociado com Bitcoin”, afirmou.

Além do lançamento do contrato, a EMX dará duas semanas de taxas grátis para quem desejar negociá-lo. A empresa também anunciou que as negociações no par USD/BRL, negociando o IBOV em dólar, terão início ainda nesta semana.

“O contrato funciona assim, o valor cheio de cada contrato corresponde ao valor do IBOV (atualmente em 108 mil pontos). Cada ponto do IBOV corresponde a um dólar, então o valor do contrato cheio do IBOV fica em US$108 mil [nos valores atuais]. Os contratos podem ser comprados no valor cheio ou em frações de até US$10”, explicou Noguerol.

A EMX trabalha com contratos perpétuos, que não possuem prazo de validade. Para manter os preços do swap próximos ao preço do mercado subjacente, um pagamento de financiamento é calculado a cada oito horas e a garantia é transferida entre os traders com posições compradas no swap e os traders com posições curtas. Se o preço do contrato valorizar em relação ao índice subjacente, o trader obtém lucro.

Leia também: Bolsa de Valores do Brasil está contratando desenvolvedor de blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil