Empresa focada em blockchain aparece em tradicional lista da Bloomberg

Anualmente, a Bloomberg lista 50 empresas cujas ações devem ser acompanhadas no ano seguinte à sua listagem. Na lista para se acompanhar em 2020, o conglomerado chinês Ping An garantiu seu lugar.

A Ping An Insurance é um conglomerado holding chinês cujas subsidiárias lidam principalmente com seguros, serviços bancários e financeiros, sendo a quarta maior empresa da China em valor de mercado. Na área dos serviços financeiros, o conglomerado chinês se envolve com, dentre outras tecnologias, blockchain. De acordo com a publicação:

“O foco da Ping An Insurance em construir inteligência artificial, blockchain e computação em nuvem continuará sendo sua vantagem perante as demais instituições financeiras tradicionais da China.”

O retorno total da empresa previsto para um ano é de 30%, sendo o total em vendas previsto de US$173,8 bilhões.

É possível que a caminhada adiante seja ainda mais simples. Recentemente, conforme noticiado pelo CriptoFácil, o presidente chinês Xi Jinping pediu a “adoção acelerada de tecnologia blockchain”. Segundo o chefe de Estado da China:

“Devemos [a China] considerar a blockchain como uma importante mudança para a inovação independente das principais tecnologias, esclarecer as principais direções, aumentar o investimento, focar em várias tecnologias principais e acelerar o desenvolvimento da blockchain e da inovação industrial.”

Além das afirmações de Jinping, o congresso chinês aprovou uma lei responsável por regulamentar o uso comercial de criptografia. Isso significa que a tecnologia blockchain, que se enquadra nos usos de criptografia previstos na norma, terá maior clareza em solo chinês – possivelmente servindo para tirá-la da margem e impulsionar sua adoção.

Leia também: Autor de “Pai Rico, Pai Pobre” diz que o Bitcoin é um dos mais poderosos bancos já criados

Forex Crypto News: Cripto Facil