Empresa brasileira de certidões digitais está explorando a tecnologia blockchain

A Certisign é uma empresa brasileira que fornece serviços de chaves públicas para instituições financeiras, governos e empresas. O intuito é tornar mais seguras as redes pelas quais essas instituições compartilham informações.

Nesta quarta-feira, 18 de setembro, o portal Infor Channel publicou sua mais recente sessão da coluna “Três perguntas para”. Desta vez, a pessoa entrevistada foi Juliana de Andrade Arias, gerente de produto da Certisign.

Após diferenciar assinaturas digitais de assinaturas eletrônicas, falando ainda sobre certidões, Arias foi questionada sobre existir avanço tecnológico nas áreas de reconhecimento facial e biometria. Ela então menciona uma tecnologia muito conhecida pelos entusiastas das criptomoedas:

“Blockchain e biometria se destacam. O mercado já está aderindo à biometria e dentro de alguns anos vem a onda da blockchain. […] Uma das frentes que a Certisign está trabalhando é a identificação na blockchain. Há algum tempo pesquisamos uma terceira forma de identificar pessoas que envolve a blockchain, além das duas que são o certificado digital e a assinatura eletrônica com uma foto biométrica.”

Arias também foi questionada sobre a posição do Brasil em termos de avanços tecnológicos perante o mundo. A gerente de produto da Certisign respondeu:

“Estamos bem posicionados em termos tecnológicos. É um país que está estudando e se aprofundando em termos de blockchain e outras inovações.”

Contudo, Arias ressalta que apesar dos estudos estarem em um estágio avançado, a adoção de inovações – tecnologias como a blockchain – ainda é pequena.

Leia também: Fintech brasileira desenvolve sistema de pagamentos instantâneos que aceita criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil