Embrapa utilizará tecnologia blockchain no abastecimento de cana-de-açúcar

A utilização de tecnologia blockchain na cadeia de abastecimento de diferentes setores não é novidade, com grandes conglomerados buscando a transparência e segurança da tecnologia por trás das criptomoedas.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) é uma Empresa Pública de pesquisa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil.

De acordo com uma publicação do dia 31 de outubro do portal Grupo Cultivar, a divisão Embrapa Informática Agropecuária, de Campinas, juntamente com a Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana) firmaram um Acordo de Cooperação Técnica.

Com a nova parceria, ambas entidades visam se dedicar a pesquisa e desenvolvimento de soluções de inovação para ampliar a competitividade, produtividade e a sustentabilidade da cadeia produtiva de cana-de-açúcar.

O contrato de cooperação terá duração de cinco anos, podendo ser prorrogado por mais cinco anos, e consiste no desenvolvimento de quatro soluções tecnológicas. O líder do projeto Fábio César da Silva explicou que as soluções envolvem cuidados com o solo, organização e processamento de imagens das lavouras de cana-de-açúcar em nuvem e uma blockchain para cuidar da distribuição do produto de ponta a ponta – do produtor até o consumidor final.

A parceria também faz parte do esforço da Embrapa para desenvolver pesquisa aplicada. A chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária Silvia Massruhá explicou:

“A introdução de novas tecnologias no setor agropecuário está mudando a face da agricultura tradicional e, por isso, estamos sentindo que só poderemos evoluir nessas tecnologias se estivermos trabalhando em sintonia com o produtor.”

Leia também: Carrefour Brasil anuncia rastreamento de laranjas com blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil