Economistas enxergam melhora para o PIB brasileiro pela sétima semana seguida

Economistas enxergam melhora para o PIB brasileiro pela sétima semana seguida

O Banco Central (BACEN) acaba de publicar o Relatório FOCUS da semana inaugurada em 16 de agosto.

No documento, estão compiladas as expectativas de diversos economistas acerca da economia brasileira para 2020 e os próximos anos. Por isso, o FOCUS serve como um termômetro da opinião do mercado sobre o Brasil.

Além disso, as informações contidas no FOCUS podem ser comparadas com as expectativas de outros órgãos sobre o país, como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial.

Assim, é possível notar que os especialistas estão prevendo uma melhora do PIB brasileiro, em relação aos relatórios anteriores. Os outros indicadores, por sua vez, seguem mais estáveis.

FOCUS vê melhora na projeção do PIB 2020

Na imagem, é possível analisar o resumo do Relatório FOCUS disponibilizado pelo Banco Central em 17 de agosto.

Resumo do FOCUS de 17 de agosto

Dessa maneira, pela sétima semana seguida, houve melhora da previsão do PIB pelos os economistas consultados pelo BACEN.

Agora, eles acreditam que o PIB vai recuar 5,52%. Na semana anterior, a expectativa era de queda de 5,62% e, há um mês, de retração de 5,95%.

Vale ressaltar que a expectativa do mercado brasileiro é mais otimista do que a divulgada pelo FMI.

Isso porque, há aproximadamente dois meses, o FMI divulgou uma projeção de queda de 9,1% do PIB brasileiro no ano.

O Banco Mundial, por sua vez, divulgou no início de junho uma expectativa de queda de 8% do PIB brasileiro em 2020.

No entanto, vale ressaltar que os números foram divulgados pelos organismos internacionais há meses, enquanto o relatório FOCUS é atualizado a cada semana.

Em 2021, os economistas acreditam que o PIB brasileiro vai crescer 3,5%. Isso significa, entretanto, que a recuperação não será completa em relação à queda de 2020.

Projeção de dólar alto em 2020 é mantida

No gráfico, é possível observar a cotação do dólar sobre o Real durante todo o ano de 2020.

Dólar em 2020

Assim, até o momento, a moeda americana já valorizou 33,82% no câmbio com o Real. Esse é um dos piores desempenhos de uma moeda nacional, entre todos os países, na comparação com o dólar.

No relatório de 17 de agosto, o mercado mantém a previsão de que o dólar vai fechar o ano a R$ 5,20. Dessa maneira, os economistas preservam a mesma expectativa há 9 semanas em relação à cotação da moeda norte-americana.

Mesmo que o número tenha sido mantido, é necessário sublinhar que o dólar vai continuar num patamar caro, em relação ao valor em que estava antes do surgimento da pandemia do novo coronavírus.

Atualmente, o dólar está cotado em R$ 5,42.

Leia também: Banco Central deve se posicionar sobre criptomoedas e bancos encerrando contas de exchanges

Leia também: Bolsa brasileira está longe de uma bolha mesmo com forte alta, afirma especialista

Leia também: Bancos dos EUA querem Bitcoin na economia e pedem regulamentação

Forex Crypto News: Cripto Facil