Dono de time da NBA que aceita Bitcoin critica a criptomoeda

O Bitcoin (BTC) vem enfrentando diversas críticas em seus 11 anos de existência, com nomes importantes como Warren Buffett, Jamie Dimon e até o presidente Donald Trump criticando o ativo digital. Em continuação aos seus comentários sobre o Bitcoin em setembro, o proprietário do bilionário time de basquete Dallas Mavericks Mark Cuban disse que não vê um futuro cenário no qual criptomoeda possa ser usada como uma moeda confiável.

“Sem chance”, Cuban me disse em um e-mail respondendo à uma pergunta sobre qualquer tipo de cenário futuro em que ele vê o Bitcoin tornando-se uma moeda confiável, em seguida, Cuban explicou o motivo:

“Não porque não possa funcionar tecnicamente, embora existam desafios, mas sim porque é muito difícil de usar, fácil de hackear, fácil de perder, difícil de entender, difícil de avaliar um valor.”

Além disso, o bilionário também apontou o vasto número de outros ativos digitais rivais disponíveis, acrescentando que “é muito trabalho para as pessoas saberem por que o BTC está acima de todo o resto”.

Cuban não se esquivou de comentar sobre criptomoedas no passado, incluindo sua referência ao Bitcoin como uma bolha em 2017 e de participar de uma oferta inicial de moedas (ICO) da UnikoinGold, um token associado à operação de apostas esportivas online Unikrn.

Mais recentemente, a estrela do Shark Tank expressou ceticismo em relação ao Bitcoin em uma pergunta e resposta no estilo de vídeo do YouTube da Wired em setembro. O bilionário relacionou o Bitcoin a outros itens especulativos, como cartões de beisebol e ouro, embora ele tenha acrescentado que o Bitcoin tem menos utilidade.

“Pelo menos eu posso olhar para o meu cartão de beisebol e dizer: ‘Ooh, esse é o meu jogador favorito, esse é Roberto Clemente’”, disse Cuban no vídeo, acrescentando que prefere ter bananas do que criptomoedas devido à comestibilidade da fruta.

Respondendo à uma pergunta sobre um cenário futuro em que o Bitcoin possa algum dia tornar-se um ativo financeiro confiável, Cuba disse:

“É um colecionável. Se você considera arte ou ouro um ativo financeiro estável e viável, então sim. Pode ser.”

Por que o Dallas Mavericks aceita Bitcoin

Como proprietário do Dallas Mavericks da NBA, os pensamentos e comentários de Cuban sobre o Bitcoin não o impediram de permitir que os fãs do Mavs usassem Bitcoin como forma de pagamento.

O time anunciou o Bitcoin como método de pagamento de ingressos e mercadorias em agosto de 2019, de acordo com um anúncio no site da Mavs. A organização usa o provedor de serviços BitPay como um meio de processamento de pagamento de Bitcoin.

“Nós escolhemos o BTC pela primeira vez há cinco anos. Ninguém comprou nada, então paramos. Decidimos oferecê-lo novamente porque os gateways se tornaram mais simples e se tivermos um cliente que queira comprar com ele, eu pegarei Bitcoin ou bananas.”

Por fim, Cuban acrescentou:

“[Meu] trabalho é facilitar para nossos clientes fazerem negócios conosco.”

Muitos participantes no ecossistema das criptomoedas também apontaram para o Bitcoin como mais uma reserva de valor do que uma moeda transacional, observando a escalabilidade discutível da criptomoeda para essa função transacional.

O especialista e cofundador do fundo de hedge Morgan Creek Digital Anthony Pompliano vê o Bitcoin como um participante significativo e único nessa categoria de valor devido à falta de correlação declarada do ativo com os mercados tradicionais de fluxos e refluxos, em uma entrevista à CNBC em agosto, Pompliano afirmou:

“As instituições passaram décadas procurando ativos não correlacionados que possam usar como diversificação de seu portfólio. Estamos tocando o tambor há mais de um ano, dizendo que este [Bitcoin] é um ativo assimétrico não correlacionado.”

Leia também: Time da NBA Sacramento Kings anuncia programa de recompensas com uso da blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil