Dominância do Bitcoin cai e altcoins ganham espaço no mercado

Dominância do Bitcoin cai e altcoins ganham espaço no mercado

O Bitcoin é a primeira e a principal criptomoeda disponível no mercado.

Apesar disso, existe um universo de opções diferentes às mãos dos entusiastas dos criptoativos.

Outros projetos apresentam soluções para os mais variados problemas: transações internacionais a baixo custo, contratos inteligentes, pareamento com moedas fortes, entre outros.

No entanto, essas alternativas normalmente não são capazes de se contrapor de forma contundente ao BTC.

Porém, de tempos em tempos, o domínio do Bitcoin é desafiado por essas criptomoedas alternativas (também conhecidas como altcoins).

É o que passou a acontecer recentemente. O surgimento e crescimento de altcoins está fazendo com que o Bitcoin “perca espaço” no mercado de criptomoedas.

Domínio do Bitcoin está em queda
Gráfico representando a dominância do BTC

Dominância do Bitcoin cai, indicando uma altseason

O gráfico acima demonstra a queda no nível de dominância de mercado do Bitcoin.

Dessa maneira, o Bitcoin está perdendo uma fatia do mercado para as criptomoedas alternativas.

No meio dos entusiastas dos criptoativos, o fenômeno é conhecido como altseason: a temporada das altcoins.

A altseason é caracterizada pelo aumento do interesse dos investidores nas altcoins. Isso acontece geralmente através da culminação de dois fatores:

  • Desinteresse no BTC, quando o ativo apresenta baixa volatilidade de preços;
  • Surgimento de oportunidades de mercado nas novas criptomoedas ou disparada no preço de altcoins conhecidas.

Isso aconteceu de forma intensa entre os meses de junho e julho, quando o preço do BTC ficou relativamente estável.

Entretanto, a dominância do Bitcoin atualmente está em torno de 60,5%. Dessa maneira, apesar da queda, o número ainda é extremamente significativo.

Preço do Link-USD no ano de 2020
Preço do Link-USD no ano de 2020

Chainlink dita o crescimento das altcoins

Na altseason, a criptomoeda queridinha dos investidores é a Chainlink (LINK).

Apenas em 2020, a altcoin já valorizou aproximadamente 930%. Por conta disso, a LINK já se tornou a quinta maior criptomoeda em valor de mercado.

Além da LINK, Ethereum (ETH), Cardano (ADA), Tezos (XTZ), Binance Coin (BNB) e outras altcoins também chamaram a atenção dos investidores nos últimos meses.

Leia também: Alt season ou hype com DeFi? Traders brasileiros falam sobre valorização das altcoins

Leia também: Stone arrecada R$ 7 bilhões com venda de ações na Nasdaq

Leia também: Volume de futuros de Bitcoin explode com interesse institucional

Forex Crypto News: Cripto Facil