Cruz Vermelha arrecada doações em Bitcoin para combater o Coronavírus

Cruz Vermelha arrecada doações em Bitcoin para combater o Coronavírus

A Cruz Vermelha da Itália lançou uma campanha de arrecadação doações em Bitcoin para comprar equipamentos médicos visando conter a expansão do surto de coronavírus no país. A campanha foi oficialmente lançada depois que sua primeira iniciativa de arrecadação de fundos com Bitcoin, intitulada Helperbit, ultrapassou sua meta em três dias.

Em 12 de março, a Cruz Vermelha da Itália lançou uma campanha de arrecadação de fundos do BTC para comprar um posto médico avançado para realizar a pré-triagem de casos de coronavírus.

Meta batida

Apenas três dias depois, a Cruz Vermelha anunciou que a meta de arrecadação de US$ 10.710 (cerca de 10.000 euros) havia sido atingida e que a compra dos materiais necessários para implantar a instalação de pré-triagem já estava sendo feita. Depois de alcançar seu primeiro objetivo tão rapidamente, a Cruz Vermelha resolveu dar prosseguimento à campanha.

A organização de caridade agora estabeleceu uma meta de quase US$ 26.000 para comprar equipamentos para operações de emergência, como um desfibrilador com um monitor de sinais vitais. Até o momento, a nova campanha levantou 75,7% de sua meta de 55 doações. A Cruz Vermelha já distribuiu quase US$ 20.000 até agora. A Cruz Vermelha Holandesa também passou a aceitar doações em Bitcoin.

Comunidade unida contra o coronavírus

A comunidade de criptomoedas lançou e apoiou muitas iniciativas que auxiliam os esforços globais para combater a pandemia do coronavírus. O Folding@Home, plataforma que usa poder computacional doado para a pesquisa médica, recebeu apoio de muitos projetos, incluindo a Tezos – que organizou um pool de várias centenas de XTZ para o projeto no final do mês, e o CoreWeave – que desviou o poder computacional de 6.000 GPUs da mineração de Ether (ETH) em direção ao projeto.

Em 14 de março, a plataforma Gitcoin de financiamento colaborativo baseada no Ethereum anunciou que havia prometido pelo menos US$ 50.000 em financiamento para iniciativas de saúde pública que contribuem para combater o COVID-19. A plataforma espera garantir pelo menos US$ 100.000 para financiar doações.

Leia também: Bitcoin falha como reserva de valor durante crise do Coronavírus?

Forex Crypto News: Cripto Facil