Corretora brasileira é listada na plataforma TradeMap

Corretora brasileira é listada na plataforma TradeMap

O Mercado Bitcoin anunciou nesta quarta-feira (26) que é a primeira exchange de criptomoedas a integrar a plataforma TradeMap.

Trata-se de um terminal mobile e para desktop com funcionalidades que ajudam o investidor a operar seus investimentos.

A exchange detalhou a listagem por meio de um comunicado encaminhado ao CriptoFácil. Trata-se de uma ampliação da presença da corretora nas plataformas do mercado financeiro.

Negociação por Multibroker

Também no comunicado, a exchange destacou que a plataforma agrega mais agilidade e segurança no processo de operação dos investimentos.

“Agora, os dois milhões de usuários cadastrados no Trademap também poderão acompanhar a cotação em tempo real das criptomoedas do Mercado Bitcoin, negociá-las por meio do Multibroker e gerenciá-las no Módulo de Carteira com os demais ativos”, informou o MB.

O Multibroker mencionado pela corretora é um conceito utilizado pelo TradeMap. O objetivo principal da ferramenta é conectar o investidor com diferentes corretoras por uma única plataforma.

Fabrício Tota, diretor do Mercado Bitcoin, explicou como funcionará a integração.

Para acessar as informações de criptomoedas no TradeMap, o usuário deverá efetuar a sincronização entre a plataforma e o Mercado Bitcoin.

“O card do Multibroker, que é a ferramenta utilizada para o envio de ordens ao mercado, estará na página home do Trademap. Basta abrir essa tela, selecionar a exchange e inserir os dados de acesso gerados no próprio site do Mercado Bitcoin”, explicou Tota. 

Sobre o TradeMap

Conforme informou o Mercado Bitcoin, o TradeMap possui cerca de 350 mil investidores ativos por dia. Isso se traduz em mais de três milhões de acessos diários.

Além disso, o TradeMap possui ferramentas de análises de empresas e cotações em tempo real. Prateleiras de fundos e renda fixa do mercado, controle de carteira de ativos e um canal notícias são algumas delas.

A plataforma está disponível para sistemas operacionais Android e iOS. Há ainda uma versão para navegadores.

Leia também: Com aprovação do Senado, LGPD entra em vigor nesta quinta-feira

Leia também: Cerca de 36 países já estudam suas moedas digitais, Brasil é um deles

Leia também: Presidente do Banco Central fala em limite de cortes na Selic

Forex Crypto News: Cripto Facil