Blockchain é essencial para transparência pública, diz Deputado em São Paulo

Recentemente, a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e o ILP (Instituto do Legislativo Paulista) realizaram em São Paulo capital um seminário sobre o tema “Ciência e inovação: blockchain e segurança de dados”, no qual foi debatido como a tecnologia do Bitcoin pode ajudar a administração pública a prestar melhores serviços e manter a segurança dos dados de seus cidadãos.

Participaram do evento, entre outros, Marcos Antônio Simplício Junior da Escola Politécnica da USP, Percival Lucena da IBM Research Brasil, Alexandre Melo Braga do Instituto de Computação da Unicamp e José Ricardo de Oliveira Damico da Compplied Computação Aplicada.

“A blockchain funciona como um grande consenso sobre a autenticidade de uma transação, de forma distribuída. Qualquer coisa que tenha posse, você pode identificar o dono em determinado momento e encontrando um bloco você pode reconstruir a cadeia inteira”, explicou Simplício.

Percival Lucena, da IBM, disse que “a partir do momento que você tem todas as informações nessa rede, você tem ganhos econômicos. E o consumidor tem a garantia de que o produto final foi feito de maneira correta (…) O sistema público representa diversos elos de uma cadeia. É fundamental que os Estados participem dessas redes”, afirmou.

Já o Deputado estadual Ricardo Mellão, do Partido Novo, destacou que, “a administração pública exige transparência e a blockchain permite isso”. Mellão também destacou que a tecnologia pode ajudar os diversos entes da administração pública a oferecerem melhores serviços para os cidadãos e também reforçou que o partido encabeça um projeto de lei, em tramitação na Câmara dos Deputados, que pede a inclusão da tecnologia na modernização dos serviços públicos.

Leia também: Alerta contra pirâmides financeiras foi destaque em audiência na Câmara dos Deputados

Forex Crypto News: Cripto Facil