Bitwolf lança o Fiscochain: programa para auxiliar na declaração de criptoativos no Brasil

Rafael Steinfeld, CEO da Bitwolf, anunciou o lançamento de um programa especializado em auxiliar empresas e usuários de criptomoedas a lidarem com a declaração de criptoativos exigida pela Instrução Normativa 1888 da Receita Federal.

Intitulada Fiscochain, a ferramenta facilita a organização e o envio das operações de criptoativos que são exigidas pela Instrução. Em uma entrevista exclusiva ao CriptoFácil, Steinfeld forneceu mais detalhes sobre o programa e suas funcionalidades.

Além de Steinfeld, o Fiscochain conta com mais dois sócios conhecidos pela comunidade brasileira de criptoativos: o investidor Henrique Giron e o empresário e CTO da Bitwolf Elquer Carlos.

Uso do programa

O Fiscochain permite o registro das operações e facilita o seu controle pelo usuário do programa. De acordo com Steinfeld, ele foi desenvolvido para atender investidores pessoas físicas e jurídicas, exchanges, P2P e empresas de OTC. As operações podem ser inseridas automaticamente ou de forma manual.

“Existem duas formas do usuário inserir as informações na plataforma: realizando manualmente, via API ou por um arquivo de Excel (XLS), por meio da exchange utilizada”, afirmou Steinfeld. “Vamos lançar a plataforma inicialmente com a Binance: o usuário importa os dados da sua conta na Binance na plataforma e ela já puxa todos os dados e deixa a declaração no layout exigido pela Receita.”

Além disso, o programa também possui uma funcionalidade que permitirá a entrega da declaração para a Receita Federal. Dessa forma, o cliente precisa apenas inserir os dados e a entrega é feita pelo programa.

“Um dos diferenciais do Fiscochain – que estará em um dos nossos planos – é que nós faremos a entrega da declaração à Receita para o usuário. Uma equipe vai gerar o layout e vai entregar o documento. Para isso, basta o usuário (individual, exchange ou OTC) dar uma procuração e nós conseguimos fazer a entrega. Com isso, ele não precisa de certificado digital nem se preocupar com a entrega”, explicou Steinfeld.

Privacidade

Tal nível de praticidade pode despertar a seguinte dúvida: meus dados estarão seguros na plataforma do Fiscochain? De acordo com Steinfeld, sim, pois o usuário pode escolher manter os dados no sistema ou apagá-los após o envio da declaração.

“Nós temos no Fiscochain a opção do usuário manter o registro dos dados ou apagá-los da plataforma. Com isso, os dados são totalmente apagados da plataforma após a entrega da declaração, impossibilitando o vazamento da informação. Para os usuários que desejam manter seus dados, nós estamos trabalhando com segurança e implementando medidas para impedir o vazamento de informações.”

Por fim, o Fiscochain também possibilita um maior controle diário das operações realizadas, algo que pode ser muito útil para vendedores P2P, por exemplo.

“Para estes profissionais, o Fiscochain também vai permitir um sistema de controle das operações. Eles terão um sistema completo para cadastro de cliente, registro das operações e geração de relatórios. Nós também estamos implementando a função de identificação de clientes (KYC), caso eles desejem utilizá-la em suas operações. Com isso, os P2P e empresas poderão ter um controle mais eficiente das suas operações. Trata-se de uma plataforma criada para ajudar a comunidade cripto”, finalizou Steinfeld.

Planos e preços

De acordo com o site do Fiscochain, a ferramenta ainda está em versão beta. Por enquanto, dois dos quatro planos do programa estão ativos:

  • O plano Basic, voltado para investidores ou vendedores P2P que atuam como pessoa física. Ele faz a importação dos dados via API da exchange ou planilha do Excel e elabora o relatório no padrão da Receita Federal;
  • O plano Professional, voltado para exchanges, empresas de OTC ou vendedores P2P que atuam como pessoa jurídica. Além da elaboração do relatório, ele registra todas as operações e faz um controle de clientes para a empresa.

O Fiscochain traz praticidade para o processo de declaração, o qual, devido ao seu alto grau de complexidade, tende a confundir muitos usuários e até empresas. Para conhecer mais, acesse o site do projeto e confira.

Leia também: Secretário da Receita Federal autor da IN 1888 é exonerado do cargo

Forex Crypto News: Cripto Facil