Bitmain inicia expansão para a América do Sul

Segundo o Bitcoinist, a Bitmain anunciou sua parceria com as empresas Bit5ive e Fastblock. Ambas companhias são consultorias de mineração de criptoativos, e a Bitmain está buscando utilizá-las como distribuidoras oficiais do seu hardware de mineração Antminer Bitcoin na América do Sul.

A Bitmain afirma que busca utilizar contratos que ambas as companhias possuem na região. A gigante do ramo de mineração também declarou que escolheu Bit5ive e Fastblock por conta de suas especializações em logística, serviço ao cliente e consultoria.

Comentando sobre as novas parcerias e sua expansão ao mercado sul americano, a executiva da Bitmain Irene Gao disse:

“A América do Sul continua sendo uma importante região para o setor de mineração de criptomoedas. Nossa colaboração com Fastblock e Bit5ive nos ajudará a construir relações com a comunidade de mineração de criptomoedas, criando confiança no processo de venda de Antminers.”

No final de novembro, Jihan Wu anunciou novas adições para a série Antminer 17. Durante o anúncio, o cofundador da Bitmain afirmou que os novos dispositivos de mineração incluem melhorias em hash rate e eficiência energética.

Enquanto isso, Wu continuou a solidificar seu controle na companhia, tendo o cofundador realizado uma reunião privada com os executivos da Bitmain. No encontro, Wu salientou todos os projetos de negócio atualmente em andamento na empresa.

A ação é a mais recente na relação entre Wu e o outro cofundador da empresa, Micree Zhan. Zhan está buscando medidas legais contra Wu, acusando oficiais da Bitmain de traição.

Após um difícil ano de 2018 e um início lento em 2019, a Bitmain perdeu uma porção significativa do mercado de mineração de Bitcoin. Porém, a companhia está buscando realizar uma IPO nos Estados Unidos, após a sua competidora Canaan ter iniciado uma iniciativa parecida.

A Bitmain iniciou planos de expansão, revelando uma planta de mineração de Bitcoin no Texas. A companhia também pretende aumentar as capacidades de hash rate em 50%, após a compra de 600 mil chips de mineração de criptomoedas.

Leia também: Rival da Bitmain pretende levantar US$100 milhões em IPO

Forex Crypto News: Cripto Facil