Bitcoin volta a ser cotado acima dos US$10 mil, enquanto mercado de criptoativos se recupera

O mercado de criptoativos amanheceu mais otimista nesta sexta-feira, 20 de setembro, depois de despejar quase US$10 bilhões no dia anterior. A maioria das criptomoedas estão operando no verde e o Bitcoin voltou a ser cotado na faixa dos US$10 mil.

No momento da escrita, o Bitcoin era cotado a US$10.173, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap. O principal criptoativo do mercado chegou a cair para a faixa dos US$9.000 ontem, sendo US$9.879 o valor mais baixo atingido nas últimas 24 horas. Há algumas semanas, o BTC paira nesta faixa dos US$10 mil, caindo algumas vezes para os US$9 mil mas se recuperando rapidamente, uma “estabilidade” há muito tempo não vista.

Diferente de ontem, nesta manhã, a maioria dos criptoativos estão operando no verde. Entre o top 10, o Ethereum é o maior destaque ao valorizar mais de 4% no dia. Seguido dele, o Bitcoin SV registra ganhos de mais de 3%. A Stellar, que ontem foi na contramão do mercado e valorizou consideravelmente, nesta sexta-feira está despejando mais de 6%, sendo o único criptoativo deste grupo a registrar perdas.

Entre os criptoativos do top 20, um movimento parecido é percebido, com a grande maioria valorizando nesta manhã. O maior destaque vai para a Iota que adiciona 4% no dia. Seguidos dela estão Monero, Tron, Dash e Tezos, cada um adicionando 3% nas últimas 24 horas.

O mercado de criptoativos era cotado a US$269 bilhões, US$7 bilhões a mais do que nas últimas 24 horas, depois de ter registrado um despejo de quase US$10 bilhões no dia anterior. A dominância do BTC segue parecida com a vista no dia anterior, em 67,7%.

Leia também: Preço do Bitcoin cai abaixo dos US$10 mil; Mercado de criptoativos em correção maciça

Forex Crypto News: Cripto Facil