Bitcoin trava nos R$ 49.000 e mercado de criptoativos desvaloriza

Bitcoin trava nos R$ 49.000 e mercado de criptoativos desvaloriza

Em mais um dia de performance morna, o Bitcoin continua parado em R$ 49.000.

Nesta quinta-feira, 18 de junho, o criptoativo continuou parado. Quem sofreu foram as altcoins, que declinaram em razão da anemia do BTC.

Por sua vez, a Ibovespa opera com uma alta de 2,16%.

Bitcoin e a busca pelos R$ 50.000

De acordo com dados obtidos pela ferramenta Coinmarketcap, o BTC declinou 0,68% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria, atualmente cotado a R$ 49.349,91.

Sua máxima intradia foi registrada em R$ 49.896,39, próxima dos R$ 50.000, mas ainda fora de tal zona. Enquanto isso, sua mínima intradia foi registrada mais abaixo, em R$ 48.781,98.

Note-se que a mínima intradia está muito próxima da cotação atual.

Por fim, o volume de troca do BTC é de R$ 102,1 bilhões.

Gráfico com as variações de preço do Bitcoin nas últimas 24 horas
Gráfico com as variações de preço do Bitcoin nas últimas 24 horas

Altcoins sofrem queda

Tendo em vista a incerteza do Bitcoin, a maior parte das altcoins desvalorizou.

No top 10, XRP, Litecoin e EOS declinaram, respectivamente, 1,56%, 1,45% e 0,64%. Por outro lado, a Cardano valorizou 2,87% em dia de queda.

Enquanto isso, as altcoins do top 20 também tiveram perdas. Neo, Huobi Token e Stellar tiveram respectivas perdas de 1,71%, 1,35% e 1,62%.

A Chainlink foi a única do grupo a valorizar, com um avanço de 2,32%.

Até o fechamento deste artigo, o valor total do mercado de criptoativos era de R$ 1,39 trilhão, R$ 20 bilhões a menos em relação ao dia anterior. A dominância do BTC está em 65%.

Por fim, a cotação do dólar utilizada para converter os valores foi de R$ 5,23.

Leia também: Bitcoin já valorizou 10% desde seu halving

Leia também: Bitcoin reage positivamente a novos estímulos do Fed

Leia também: Comando Vermelho é transformado em tokens ERC-20 do Ethereum

Forex Crypto News: Cripto Facil