Bitcoin luta para manter-se acima dos US$8.500

Durante os últimos dias, desde a última sexta-feira, 15 de novembro, o mercado de criptoativos não mostrou muitos sinais de retomada, pelo contrário, nos últimos dias, as criptomoedas como um todo despejaram cerca de US$4 bilhões. Nesta segunda-feira, 18 de novembro, o Bitcoin segue lutando para manter-se acima dos US$8.500.

No momento da escrita, o Bitcoin era cotado a US$8.546, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap. Depois de atingir a marca dos US$8.700 nesta sexta-feira, o principal criptoativo do mercado caiu para US$8.500 e apenas neste domingo, voltou a valorizar, chegando a atingir seu pico em US$8.718, mas logo voltou para a faixa dos US$8.500, onde encontra-se atualmente.

Todos criptoativos do top 10 estão operando no vermelho nesta manhã. A Stellar e o Bitcoin SV são os mais prejudicados do grupo ao perderem cerca de 2% cada um nas últimas 24 horas. Depois deles, o XRP, a Litecoin e a Binance Coin perderam cerca de 1% cada um no último dia.

Na contramão do mercado, quatro criptoativos do top 20 registram ganhos nesta manhã. A Tezos é o maior destaque ao adicionar 5% no dia, seguida da Cardano que valorizou 4%. UNUS SED LEO e Iota registram ganhos de menos de 1% no dia. A Cosmos é o maior destaque negativo do grupo ao despejar cerca de 5% nas últimas 24 horas.

O mercado de criptoativos desvalorizou US$4 bilhões desde a última sexta-feira, e, no momento da escrita, era cotado a US$234 bilhões. A dominância do Bitcoin está parecida com a vista na última semana, especificamente em 65,9%.

Leia também: Mercado de criptoativos em baixa nesta manhã

Forex Crypto News: Cripto Facil