Bitcoin luta para manter-se acima dos US$7 mil

O mercado de criptoativos está em um nível parecido com o visto há 24 horas, e registra uma pequena perda de cerca de US$1 bilhão no último dia. O Bitcoin está lutando para manter-se acima dos US$7 mil nesta manhã de quarta-feira, 27 de novembro.

No momento da escrita, o Bitcoin era cotado a US$7.074, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap. Há cerca de duas horas, o principal criptoativo do mercado chegou a flertar novamente com a faixa dos US$6 mil. O BTC atingiu o valor mais alto do dia em US$7.268, pouco antes de cair para US$6.974, até chegar no seu valor atual.

Todos criptoativos do top 10 estão operando no vermelho nesta manhã. O Bitcoin registra a segunda maior perda do grupo, de 1,4%, sendo o maior prejudicado o Bitcoin SV com menos 2,1%. A Litecoin registra uma perda de 1%, enquanto as demais criptomoedas desta seção desvalorizam menos de 1%.

Os criptoativos do top 20 estão divididos entre ganhos e perdas. Entre os ganhadores, a Tron é o maior destaque ao adicionar 5% no dia, seguida da Cardano que valorizou 2%, enquanto os demais ganhos não passam de 1%. Já entre os perdedores, a Tezos é a maior prejudicada ao despejar 4% no dia, seguida da Chainlink com menos 3% e da Cosmos com menos 2%.

Até o fechamento deste artigo, o mercado de criptoativos havia perdido US$1 bilhão nas últimas 24 horas, o que significa que agora está cotado a US$193 bilhões. A dominância do Bitcoin segue parecida com o dia anterior, em 66,2%.

Leia também: Preço do Bitcoin volta para US$7 mil; Mercado dá sinais de recuperação

Forex Crypto News: Cripto Facil