Bitcoin é cotado abaixo dos US$8 mil; Mercado de criptoativos em correção massiva

O mercado de criptoativos registra uma forte correção nesta sexta-feira, 18 de outubro, considerando que praticamente todas as principais criptomoedas estão operando no vermelho nesta manhã. O Bitcoin voltou a testar a faixa dos US$7 mil.

Até o fechamento deste artigo, o Bitcoin era cotado a US$7.934, o que representa uma desvalorização de 2% no último dia, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap. O principal criptoativo do mercado estava lutando para manter-se acima da faixa dos US$8 mil, porém não obteve sucesso. Nas últimas 24 horas, o valor mais alto atingido pelo BTC foi de US$8.137 e o mais baixo foi de US$7.903.

A grande maioria dos criptoativos do top 10 estão seguindo os passos do Bitcoin, com exceção do Bitcoin SV que registra um ganho de 1% no dia. O maior prejudicado desta seção é a EOS que despeja 4% nas últimas 24 horas. Depois dela, o Bitcoin Cash e o Ethereum perderam quase 3% cada um.

Um cenário bastante similar é percebido entre os criptoativos do top 20, com apenas um deles fazendo um movimento contrário à tendência de correção, o UNUS SED LEO, que adiciona 0,7% no dia. Entre os perdedores, o maior despejo é registrado pela Iota, de pouco mais de 4%. Seguida dela, Cardano e Monero despejam 3,5% cada uma.

No momento da escrita, o mercado de criptotivos era cotado a US$215 bilhões, ou seja, US$5 bilhões a menos do que há 24 horas. A dominância do BTC continua na faixa dos 66%.

Leia também: Preço do Bitcoin testa região dos US$7 mil nas últimas 24 horas

Forex Crypto News: Cripto Facil