Binance adquire exchange indiana e planeja adentrar no país

A Binance adquiriu a exchange indiana de criptomoedas WazirX visando participar do mercado de mais de um bilhão de pessoas do país, conforme relatou o The Block, em 21 de novembro.

A aquisição permitirá que indianos comprem e vendam criptomoedas com as rúpias indianas, a moeda local, a partir do dia 25 de novembro – próxima segunda-feira.

O CEO da WazirX Nischal Shetty afirmou que a Binance é agora detentora de 100% da empresa, mas não revelou valores. Estima-se que o negócio esteja na faixa entre US$5-10 milhões.

Shetty acrescentou que todos os 20 funcionários da WazirX serão empregados pela Binance, mas que a exchange indiana continuará com a sua missão de envolver cada indiano na revolução das criptomoedas.

A aquisição acrescentará mais uma ponte entre moedas fiduciárias e criptomoedas para a Binance. De acordo com Siddharth Menon, COO da WazirX:

“Moedas fiduciárias possuem um valor crucial em decidir o tamanho e adoção do mercado de criptomoedas. A Binance conta com todos os grandes traders do mundo e a WazirX testou a tecnologia da exchange. Juntos nós podemos levar a adoção em massa ao mundo.”

No primeiro trimestre de 2020, a Binance também integrará a ferramenta de junção de clientes P2P da WazirX em seu gateway de moedas fiduciárias, com o intuito de levar acesso fácil a criptomoedas para os indianos. A integração permitirá que usuários comprem Tether com rúpias indianas na WazirX, e então eles poderão negociar a stablecoin com qualquer criptomoeda disponível na Binance. Shetty acrescentou:

“A próxima fase de adoção em massa para as criptomoedas surgirá por meio de países em desenvolvimento ao redor do mundo. A Índia conta com mais de um bilhão de pessoas e está propensa a uma adoção massiva de criptoativos, e a aquisição da Binance nos dá a oportunidade de não só agrupar os usuários indianos, como também toda nação em desenvolvimento que precisa da rampa construída com moedas fiduciárias para dar acesso aos criptoativos.”

O CEO da Binance Changpeng Zhao também se pronunciou sobre a aquisição:

“Os jovens da Índia são importantes para adotar e construir tecnologias financeiras, e eu acredito que essa aquisição terá um papel vital em tornar a Índia um centro global de inovação em termos de blockchain, o que também impulsionará a adoção em uma parte maior do país.”

Fundada em 2018, a WazirX passou por um crescimento substancial em termos de volume de negociação e adoção. Segundo Shetty:

“Nós contamos com cerca de US$30 milhões em volume de negociação mensal atualmente, além de possuirmos um aplicativo bem avaliado na Índia com nota média de 4,4 e mais de 200 mil downloads.”

A WazirX também está planejando realizar a venda de seu token nativo WRX, que atualmente está disponível para usuários por meio do modelo de trade mining e pelo cadastro na plataforma.

Leia também: Mudança no mecanismo de consenso do Ethereum transformará a indústria, aponta Binance

Forex Crypto News: Cripto Facil