Após novo hard fork, mais de 20% da oferta de Bitcoin Cash é perdida em blocos errados

Os mineradores de Bitcoin Cash (BCH) desperdiçaram dinheiro na mineração de 14 blocos na cadeia errada depois que a criptomoeda passou por um hard fork. De acordo com dados do site de monitoramento Fork Monitor divulgados em 15 de novembro, o Bitcoin Cash, que foi originado a partir de um hard fork do Bitcoin (BTC) em 2017, teve uma nova divisão em sua rede no dia 15 de novembro.

Apesar de ser amplamente mais limpo do que suas tentativas anteriores de divisão, logo ficou aparente que uma grande parte dos mineradores não atualizou seus softwares para a nova cadeia. No total, os mineradores gastaram recursos na mineração de 25 blocos vazios em uma cadeia que a maioria da rede do Bitcoin Cash já considerava inválida e que, portanto, foi rejeitada.

BitMEX: mineradores “desperdiçando recursos”

A BitMEX Research, o braço de análise da exchange BitMEX, proprietária do Fork Monitor, comentou sobre o hard fork:

“A cadeia original não possui transações (exceto as bases de moedas) devido à medida de proteção contra repetição de transações. Os mineradores de Bitcoin Cash que não atualizaram seu software parecem estar desperdiçando recursos.”

Até o momento da finalização deste texto, apenas 77% dos nós de Bitcoin Cash eram compatíveis e usavam as mais recentes regras de consenso, mostram as estatísticas da ferramenta Coin Dance.

Teoricamente, esses mineradores podem ter perdido recompensas no valor de 12,5 BCH (US$3.328,62) por bloco ou um total de 312,5 BCH (US$83.215,62) apenas com a mineração de blocos errados.

Preço do Bitcoin Cash não reage

Os nós podem ser deixados para trás durante os hard forks por várias razões, geralmente devido ao esquecimento acidental de atualizar o software antes da execução da divisão.

A ineficiência, no entanto, acumulou publicidade no Bitcoin Cash e no principal proponente da moeda, Roger Ver. Ver, em particular, tornou-se uma figura altamente controversa devido à sua campanha sem êxito para divulgar o BCH como uma alternativa superior ao BTC em termos de usabilidade e escalabilidade.

O alto número de pessoas pró-Bitcoin levaram os aliados de Ver para a mídia social. Entre eles, Olivier Janssens, que anteriormente argumentou que um nó “não importa” em uma rede p2p descentralizada e que remover o limite de tamanho de bloco do Bitcoin era, portanto, essencial para evitar aquisições hostis.

Enquanto isso, o hard fork não conseguiu elevar o fraco desempenho do BCH em dólar ou BTC, que caiu 3,2% nas 24 horas desde a nova divisão. Cotado a US$266,29, o BCH segue com 93% de desvalorização ante a sua máxima histórica de US$3.920 alcançada em dezembro de 2017.

Leia também: Bitwage libera opção de pagamento de salários em Bitcoin Cash

Forex Crypto News: Cripto Facil