AnubisTrade prestará ajuda humanitária às vítimas do Furacão Dorian nas Bahamas

Recentemente, o Furacão Dorian atingiu as Bahamas, deixando pelo menos 20 mortos e cerca de 700 mil pessoas necessitando ajuda humanitária. No dia 06 de setembro, a exchange AnubisTrade – que tem sede nas Bahamas – anunciou que prestará auxílio às vítimas do furacão juntamente com a startup PO8.

A PO8 é uma empresa localizada nas Bahamas que reuniu blockchain e arqueologia. Trabalhando para recuperar artefatos perdidos no mar e transformando os mesmos em tokens não fungíveis, a tecnologia blockchain permite que a PO8 trabalhe alinhada com a UNESCO.

Por meio de seu blog oficial, a AnubisTrade contou que conversou com a PO8 e integrantes do governo do país para organizar uma iniciativa de auxílio. De acordo com a AnubisTrade:

“A AnubisTrade irá reverter 100% dos seus lucros da empresa para a causa, isso quer dizer que os 30% que ganhamos(os outros 70% são a perfomance do usuário) quando temos lucros nos trades serão revertidos para a campanha de arrecadação as vítimas, todas as sexta-feiras(06,13,20 e 27) do mês de setembro (em caso de dias com prejuízos não iremos repassar nenhuma valor). As doações serão divulgadas em nossas redes sociais.”

O CriptoFácil conversou com o CEO da AnubisTrade Matheus Grijó e com o CEO da PO8 Matthew Arnett. Grijó comentou sobre a motivação da AnubisTrade em ajudar os cidadãos das Bahamas, bem como falou mais sobre a iniciativa:

“Após vermos o que ocorreu em Bahamas, entramos em contato com a PO8, empresa liderada pelo Matthew Arnett que é um grande nome inovador. Ele entrou imediatamente em contato conosco e nos passou toda a situação; o governador e o governo das Bahamas estão cientes das ações da Anubis, ainda mais sendo uma empresa de Bahamas e estão abertos para para qualquer tipo de ajuda.

Ver profissionais de blockchain, precisando de ajuda, e sendo atingidos de tal forma, nos sensibilizou muito!

A blockchain realmente revoluciona o sistema econômico, até doações podem chegar do mundo todo de maneira muito segura e rápida!

Iremos continuar ajudando o povo de Bahamas que nos acolheu muito bem, além disto já estamos vendo casas pré-fabricadas para o envio.”

Arnett, por sua vez, falou sobre a iniciativa do ponto de vista da PO8:

“A AnubisTrade representou para o mundo o que é possível quando nos juntamos e fornecemos suporte uns aos outros, mostrando com seu nível de responsabilidade corporativa o impacto da indústria blockchain. Juntas, AnubisTrade e PO8 angariarão algumas centenas de BTC para o fundo de auxílio aos cidadãos das Bahamas, a partir da comunidade de criptoativos dentro e ao redor do Brasil. Estas doações terão destinos específicos que variam desde prestar moradias emergenciais para famílias, roupas para crianças e idosos, além de tratamento para vítimas e aqueles que chegaram primeiro aos locais para prestar auxílio. A PO8 desenvolveu uma matriz de contabilidade para garantir que cada Satoshi será computado. Matheus Grijó é um líder visionário que assumiu a responsabilidade, seu impacto será sentido durante os próximos anos. Eu gostaria que mais CEOs de projetos blockchain seguissem o exemplo, o mundo seria um lugar melhor assim. As Bahamas já tomaram medidas para viabilizar legislações voltadas a ativos digitais, o que será benéfico para toda a indústria blockchain. Consequentemente, prestar auxílio às Bahamas em nosso momento de necessidade é um investimento no futuro da indústria blockchain. Para todos que ainda não estiveram nas Bahamas, este é o momento de visitar. Para aqueles que já visitaram, este é o momento de retornar. Temos mais 14 ilhas que não sofreram danos. Venham mergulhar, jogar golfe, pescar, pegar um bronze, beber, comer e até casar. Venham conhecer as Bahamas, sua primeira salada de concha é por conta da PO8.”

Leia também: Tether doará US$1 milhão para cidades impactadas pelo furacão Dorian

Forex Crypto News: Cripto Facil