Analista explica como e quando o Bitcoin chegará aos US$100 mil

De acordo com o analista Peter Brandt, o Bitcoin está caminhando para a marca dos US$100.000, conforme exposto em uma análise compartilhada em um novo vídeo. No entanto, há um cenário em que a criptomoeda continua em baixa no curto prazo.

Bitcoin está na área cruzada

De acordo com Brandt, o Bitcoin ainda está se movendo dentro de uma tendência histórica de alta, que registrou altas e baixas mais vezes consecutivas, conforme relatado pelo site Bitcoinist.

Embora ele acredite que a criptomoeda se manterá na narrativa de alta nos próximos anos, até que ela ultrapasse os US$100 mil, há dois cenários principais a serem esperados antes que isso aconteça. Sem surpresa, um é de baixa e o outro é de alta.

Atualmente, o preço está em uma zona de encruzilhada e pode ir para um dos cenários em breve. De acordo com o analista, se o preço decidir continuar em correção, poderemos ver o Bitcoin chegando a US$5.324 em julho de 2020.

A baixa potencial é baseada em padrões anteriores, segundo os quais o Bitcoin violou movimentos parabólicos quatro vezes desde 2011. Toda desaceleração ocorreu com uma correção de 80% a mais e durou 12 meses do pico à baixa, de acordo com a análise de Brandt.

Consequentemente, a correção atual provavelmente encontrará um forte apoio em US$5.324 neste inverno se o Bitcoin seguir a rota de baixa. Isso ocorre porque a alta recente foi alcançada em junho, quando a criptomoeda subiu e chegou a valer mais de US$13.000.

Toda desaceleração ocorreu com uma correção de 80% a mais e durou 12 meses do pico à baixa, de acordo com a análise de Brandt.Essa correção em potencial pode assustar até os maximalistas e hodlers mais dedicados do Bitcoin, diz Brandt, citando sua experiência comercial de vários anos em outros mercados de commodities.

O cenário “imediatamente otimista”

Na melhor das hipóteses, o preço do BTC não quebra o limite inferior do canal plurianual e volta a novas máximas. De fato, Brandt afirma que os novos picos poderão ocorrer já no próximo ano.

o preço do BTC não quebra o limite inferior do canal plurianual e volta a novas máximas.

Curiosamente, muitos touros do Bitcoin esperam que o preço atualize a máxima histórica de todos os tempos no próximo halving, que está programado para a primeira metade de 2020.

Leia também: Cientista diz prever o preço do Bitcoin em tempo real e disponibiliza fórmula no Github

Forex Crypto News: Cripto Facil