A Rússia é o nosso principal mercado, afirma CEO da Binance

Em sua primeira visita à Rússia para uma reunião, o CEO da Binance Changpeng Zhao anunciou que a exchange está buscando parcerias com diversas comunidades, especialmente na Rússia. O CEO, também conhecido como CZ, foi bastante assediado antes e depois do evento. Ele posou e sorriu para fotos e apertou as mãos dos fãs por um bom tempo. O encontro foi realizado na última semana no salão de concertos do Hotel Radisson, no centro de Moscou. As informações são do site de notícias Coindesk.

De olho no mercado de criptomoedas russo

Cerca de 700 pessoas se inscreverem para participar da reunião que contou com a presença de CZ, mostrando sua popularidade no setor de criptomoedas local. Ele retribuiu na mesma medida, ao declarar:

“A Rússia é o nosso principal mercado, um dos mercados mais ativos no ecossistema global de blockchain.”

Ao ser questionado sobre as principais influências futuras para o mercado de criptomoedas, ele citou o presidente russo Vladmir Putin, ironizando à indecisão dos reguladores de ativos digitais do país e provocando risos na plateia. 

Zhao falou ainda sobre a regulação do setor nas potências econômicas mundiais e sobre o mercado russo: 

“Nos Estados Unidos, os reguladores são muito distribuídos, e a China não vai mudar tão cedo. Existe um projeto de lei em potencial na Rússia que pode ser aprovado muito em breve, e será uma coisa boa para a indústria.” 

(O projeto de lei em questão está atualmente inativo no Parlamento russo.)

Expansão russa

A Binance está entre as maiores exchanges de criptomoedas do mundo e segue em ascensão. Apenas em setembro, a exchange com sede em Malta lançou quatro unidades de sua exchange em territórios internacionais: Uganda, Jersey, Cingapura e EUA. Além de ter liberado depósitos na moeda nigeriana niara (NGN), anunciou, mais recentemente, que os depósitos em rublo russo também estarão disponíveis em breve. 

Tudo indica que este é apenas o início dos planos da Binance para a Rússia, onde CZ externou o desejo de abrir um escritório. Segundo ele, há um “talento muito forte” de programadores no país e o objetivo da Binance é levar o projeto de stablecoin Venus para a Rússia. Além disso, CZ afirmou que a exchange está trabalhando com outros emissores potenciais de stablecoins associados a moedas fiduciárias.

Para Changpeng Zhao os depósitos de rublos já deveriam estar funcionando na Binance, porém, problemas técnicos atrasaram o seu lançamento em algumas semanas. A expectativa é que o projeto tenha início em novembro. 

Sem dar mais detalhes, CZ disse ainda que a Binance está negociando com bancos e adquirindo serviços na Rússia para facilitar a entrada do rublo. 

“Estamos basicamente fazendo o que outras exchanges estão fazendo aqui, na Rússia, discutindo com bancos, mas ainda não é oficial. Os bancos estão em um estágio muito inicial. Os serviços de pagamento provavelmente aparecerão primeiro”, finalizou.

Leia também: Binance anuncia listagem da Dogecoin nos EUA

Forex Crypto News: Cripto Facil